Exposições de fotografia para ver em Lisboa

O panorama cultural na cidade não arrefece e continua a ter uma oferta que lhe enche as medidas
exposição Paradisaea
©Luisa Ferreira Lux Frágil 20 anos, exposição "Paradisaea"
Por Francisca Dias Real |
Publicidade

Os museus e galerias são belos locais para encher a agenda de final de tarde ou de fim-de-semana, e nós damos-lhe razões para isso, exposições que que são realmente de paragem obrigatória.

Se é fã de fotografia tem mesmo de deitar o olho – ou a lente, se quiser registar o que já foi registado por outros – a estas exposições. Do registo do passado de 20 anos de Lux Frágil aos retratos sem cor de ilustres figuras nacionais, pode encontrar de tudo nestas seis mostras que lhe sugerimos em Lisboa (dê um saltinho até Cascais que também merece visita).

Recomendado: Conheça estes museus de arte contemporânea em Lisboa

Três exposições de fotografia para ver em Lisboa

Arte

Olharte

icon-location-pin Casa-Museu Medeiros e Almeida, Avenida da Liberdade/Príncipe Real
icon-calendar

‘Quero crer que, ao apossar-me da luz que te desenha, trago à vida a vida que te trouxe, mas sei que, ao olhar-te assim, na verdade estou a olhar-me a mim.” É assim que José Lopo de Carvalho fala aos objectos da sua fotografia, falando na verdade para nós, apresentando a sua primeira exposição pública. Homem de muitas viagens e ofícios, dedicou décadas à publicidade e a outras áreas até que aos 60 anos assumiu a paixão pela fotografia com um curso na ETIC. Agora, aos 64, estreia-se a expor, na Casa Museu Medeiros de Almeida, com uma colecção de 33 retratos. Bagão Felix, Filipe Faísca, Eunice Muñoz, António Barreto, Maria de Fátima Bonifácio, Rita Ferro ou Helena Sacadura Cabral integram esta colecção de figuras públicas que nos olham como se em privado. Sempre de frente, sempre a preto e branco.

Arte

Elefante

icon-location-pin MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, Belém
icon-calendar

É um animal de grande porte a entrar directamente para a sala Cinzeiro 8. “Elefante” é a primeira exposição individual em Lisboa de André Príncipe e vai ao encontro da sua investigação do meio fotográfico enquanto mecanismo de percepção, apreensão e construção do real, sendo que reúne uma série de obras fotográficas e uma instalação vídeo especificamente concebida para o contexto da exposição. O artista quer chamar a atenção para as temáticas da vida e da morte, do espaço e do tempo, da permanência e da efemeridade, da poesia e da política, da ascensão e da queda.

Publicidade
The Beatles por Norman Parkinson
Norman Parkinson
Arte, Fotografia

Norman Parkinson: Sempre na Moda

icon-location-pin Centro Cultural de Cascais, Cascais
icon-calendar

80 fotografias captadas ao longo cinco décadas mostram o percurso do inglês Norman Parkinson, que revolucionou a moda do século XX e imortalizou celebridades como os Beatles, os Rolling Stones, Yves St Laurent ou a Rainha Isabel II. A exposição "Normal Parkinson: Sempre na Moda" tem a sua estreia mundial no Centro Cultural de Cascais, onde fica até Janeiro de 2019.  

Mais arte em Lisboa

museu do dinheiro
Fotografia: Arlindo Camacho
Museus

Conheça estes museus grátis em Lisboa e arredores

Não é ao domingo de manhã, sábado à tarde ou segunda de madrugada. Estes museus são de entrada gratuita sempre que a porta está aberta ao público. E a busca pela descoberta de um museu gratuito também pode significar a descoberta de um museu que nem sempre está na ribalta. Fomos à procura dos museus grátis em Lisboa e concelhos vizinhos e descobrimos algumas pérolas museológicas. Da sala de operações do Movimento das Forças Armadas ao museu que respira dinheiro, há muito para aprender sem gastar um tostão. 

ver com outros olhos, gulbenkian
©Isabel Oliveira/MEF
Arte

Exposições em Lisboa para visitar este fim-de-semana

Acha que não se passa nada em Lisboa este fim-de-semana? Temos mais de duas mãos cheias de exposições para provar que está bem enganado. Queremos ajudar a tornar os próximos dias mais culturais, sozinho ou com a família toda atrelada (sim, há exposições kids friendly). Com tantos museus e galerias na cidade, é impossível não ter o que ver. 

Publicidade