0 Gostar
Guardar

Bom dia, Lisboa!

As manhãs têm um encanto especial: há outro cheiro no ar, menos barulho, uma luz suave – e muitas coisas para fazer na cidade. Aqui estão algumas sugestões

Fotografia: Ana Luzia

Algumas pessoas fazem notar que "madrugador" é uma palavra formada a partir de "madrugar" + "dor". Mas a verdade as primeiras horas do dia não têm de ser passadas em agonia. Ora veja.

Bom dia, Lisboa!

06.00 - Vá correr

06.00 - Vá correr

É preciso ser louco para ir correr às 06.00? Não, mas ajuda. Para quem adora a almofada e está numa relação com o edredon é impossível compreender o apelo de uma empreitada destas: acordar cedo para ir correr das 06.00 às 07.00 nos trilhos de Monsanto. No entanto, os atletas que todos os dias correm à “hora do esquilo” – assim chamada pelos roedores que se avistam – dizem que é viciante. São loucos? Sim e não. São pessoas sãs que pertencem ao Loucos Trail Running, um grupo de atletas madrugadores que se junta num grupo privado de Facebook que já tem mais de 8000 membros – a “hora do esquilo” é só um dos treinos que se combinam. Correm todos os dias, de segunda a sexta-feira, por diversão e como forma de treinar para provas de “trail running” – corridas por trilhos e caminhos na natureza, longe dos centros urbanos. Para participar basta aparecer no local de partida com o equipamento indicado: roupa de corrida e uma luz frontal. Não há luz quando os atletas partem mas no final do percurso são brindados com uma vista privilegiada do nascer do sol em Lisboa.

06.30 - Veja o nascer do sol à beira do rio

06.30 - Veja o nascer do sol à beira do rio

O Cais das Colunas, no Terreiro do Paço, oferece uma vista desafogada para Oriente, perfeita para ver o astro rei subir ao seu trono. Mas toda a zona ribeirinha junto a Belém é boa para assistir ao nascer do sol. O Parque das Nações oferece condições semelhantes, mas será o Cais do Sodré, junto à zona de embarque, o melhor sítio para apreciar o amanhecer (até por estar perto de espaços que garantem diversão até a noite começar a ser dia).

07.00 - Dê um mergulho

Os lisboetas anfíbios e madrugadores têm cada vez mais razões para sorrir. As piscinas dos Olivais e do Areeiro vieram aumentar a oferta de lugares onde usufruir do meio aquático e abrem logo a partir das 07.00. Se juntarmos as piscinas mais antigas e a Rua das Portas de Santo Antão depois de uma chuvada, concluímos que há água suficiente para mais dois Oceanários.

07.30 - Apanhe uma onda

07.30 - Apanhe uma onda

A cidade vazia, as estradas vazias e uma praia só para si. Para muitos surfistas, a manhã de um dia de semana é a melhor altura para entrar no mar. Vá por desporto ou pense nisto como uma terapia. Se não sabe surfar, a Epic Surf School tem aulas de manhã com transporte incluído (saída de Lisboa às 09.00, 75€ por pessoa e equipamento incluído).

08.00 - Tome o pequeno-almoço

A via láctea pode ser avistada da terra em noites escuras e lugares com pouca iluminação. Algo impossível de fazer nas manhãs de Lisboa. Em alternativa pode ir à Leitaria, onde se podem provar alguns dos melhores lacticínios deste lado da galáxia: a granola caseira com leite e morangos, as queijadas de leite ou as taças e frascos de iogurte são candidatos a entrar nos próximos guias turísticos para extraterrestres. O leite, já agora, vem dos Açores.

A partir das 07.30. Rua da Artilharia 1, 87.

Ler mais
Avenida da Liberdade/Príncipe Real
09.00 - Vá às compras

09.00 - Vá às compras

A Feira da Ladra é a mais antiga da cidade e uma das mais conhecidas. Terças e sábados, o ano inteiro, faça chuva ou faça sol. O conselho mais comum: vá cedo. Porque é às primeiras horas do dia que se encontram as melhores pechinchas e os negociantes mais ensonados.

09.30 - Dê uma volta no eléctrico 28

09.30 - Dê uma volta no eléctrico 28

O amarelinho preferido de turistas e carteiristas começa a circular às 06.20 durante a semana, 07.00 aos sábados e 07.25 aos domingos e feriados. Passear pela cidade ao amanhecer, com as ruas vazias e o sol a espreguiçar-se no horizonte promete ser uma experiência inesquecível. A esta hora poderá também arranjar um lugar sentado e pouquíssimos turistas com aquele “bracinho de selfie” que se usa agora.

10.00 - Tire os miúdos de casa

10.00 - Tire os miúdos de casa

Leve-os ao parque. Nada melhor do que aproveitar a manhã para evitar lutas territoriais entre garotos de idades incompatíveis e outras diferenças irreconciliáveis. Parques infantis como o do Jardim da Parada (Campo de Ourique) ou do Príncipe Real são mais práticos de visitar de manhã e em Monsanto ou no Jardim da Estrela esta também é a altura de maior sossego.

11.00 - Coma um almoço phonomenal

Este caldo mágico de origem vietnamita tem reconhecidas propriedades retemperadoras e pode ser consumido a partir das 11.00 no Pho Pu da Rua do Benformoso. É melhor para matar a fome a meio da manhã do que essas barritas de cereais que estão há semanas na gaveta da secretária.

Rua do Benformoso, 76 (Mouraria).

Ler mais
Martim Moniz

Comentários

0 comments