Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Siga este roteiro de arte urbana em Lisboa

Siga este roteiro de arte urbana em Lisboa

Nos últimos anos, Lisboa tornou-se uma das capitais mundiais da arte urbana

Por Francisca Dias Real e Renata Lima Lobo |
Publicidade
arte urbana
Bruno Barata Talude de RAF na Alta de Lisboa

Vhils, Bordalo II, Aka Corleone, ±MaisMenos±, Tamara Alves ou Mário Belém são alguns dos nomes mais sonantes neste roteiro de arte urbana em Lisboa. A eles juntam-se artistas de todo o mundo, que escolhem Lisboa para servir de tela aos mais variados estilos e mensagens. Se por um lado Lisboa está em guerra com taggers com pouco talento para a coisa – e que fazem questão de espalhar assinaturas por tudo quanto é sítio –, por outro a cidade é cada vez mais um museu a céu aberto de belíssimas obras de arte urbana. Embarque connosco num passeio alternativo pela cidade.

Recomendado: Sítios alternativos em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Tours de arte urbana em Lisboa

Selina Street Art Tour

O Selina Secret Garden, o hotel-comunidade que abriu no Poço dos Negros, tem no seu programa cultural uma street art tour pela cidade que pode agendar, mesmo não sendo residente. O ponto de encontro é no Selina e a volta é feita de tuk-tuk, levando os participantes num passeio por 15 obras de arte em Marvila, no Bairro Chinês, na Underdogs, nos Armazéns Abel Pereira da Fonseca, no Museu do Azulejo e na Fábrica do Braço de Prata. Os passeios acontecem todos os dias, consoante disponibilidade, e podem ser de uma hora (50€/uma a duas pessoas; 70€/três a seis pessoas) ou de duas (90€/uma a duas pessoas; 130€/ três a seis).

Passeio da Boutique da Cultura

A Boutique da Cultura, associação cultural sediada em Carnide, tem nas suas mãos a organização de visitas guiadas ao Bairro Padre Cruz e às suas intervenções de arte urbana. Todos os meses, ao segundo domingo do mês, pode juntar-se ao grupo e seguir viagem pelas mais de 100 obras espalhadas pelo bairro. A visita dura cerca de duas horas e é orientada por um guia que esteve envolvido na requalificação do bairro, que foi alvo de projectos do programa BIP-ZIP da Câmara Municipal de Lisboa como o “Criar mudança através da Arte Urbana” ou o Festival MURO. Vai ficar a saber mais sobre os artistas, as obras e a interação que estas tiveram e têm com os moradores.

Inscrições através de e-mail. Domingos às 10.00. 4€.

Mais arte urbana

Coisas para fazer

Um roteiro de arte urbana em Marvila

Foi em 2017 que o Festival Muro transformou 17 paredes laterais de prédios em 17 telas de grandes dimensões, contando com a intervenção de artistas portugueses e internacionais. Entretanto, a arte urbana continua bem e recomenda-se, e Marvila, a zona que acolheu este projecto cheio de cor, tem seguido pelo mesmo caminho. Autêntica galeria a céu aberto, este é só mais um bom motivo para partir à descoberta da zona oriental da cidade. 

Mural de André Saraiva
Fotografia: Ana Luzia
Coisas para fazer

Roteiro de arte grátis em Lisboa

Lisboa é fértil nas mais variadas manifestações artísticas, fora e dentro de portas. São murais, fachadas, esculturas em jardins, intervenções em lojas, paredes de hotéis ou monumentos históricos. Da próxima vez que passear por um jardim, que entrar numa loja de roupa ou que se sentar à mesa para jantar, olhe bem à sua volta. As manifestações de arte estão um pouco por todo o lado em Lisboa e estas têm entrada livre. 

Publicidade
mandela
©​ CML | DMC | DPC | Bruno Cunha 2018
Arte, Arte ao ar livre

Nuno Saraiva: um ilustrador, cinco murais em Lisboa

Nascido na Mouraria, Nuno Saraiva é o ilustrador não oficial da cidade e o seu traço é inconfundível. Foi durante muito tempo o responsável pela imagem das Festas de Lisboa e só este ano legou dois murais à Grande Alface. Pedimos ajuda para falar sobre isso, mas Saraiva acabou por nos enviar, na primeira pessoa, a história dos seus cinco murais que decoram Lisboa.

Publicidade