A Ganha-Pão

Filmes, Animação
Escolha dos críticos
4 /5 estrelas
A Ganha-Pão

A Time Out diz

4 /5 estrelas

Depois dos belíssimos The Secret of Kells (2009) e A Canção do Mar (2014), os estúdios de animação irlandeses Cartoon Saloon trazem-nos A Ganha-Pão, um filme bem mais duro do que aqueles, mas não menos conseguido. Baseado num livro da escritora Deborah Ellis, A Ganha-Pão passa-se em Cabul, no Afeganistão, após a derrota das forças soviéticas e o triunfo dos talibãs, que instauraram um regime fundamentalista. Parvana é uma menina de 11 anos que ajuda o pai, antigo professor e mutilado de guerra, a sustentar a família. Quando este é preso pelos brutais talibãs, Parvana corta o cabelo, veste as roupas 
de um irmão morto e finge ser um rapaz, arriscando a vida para poder prover à mãe e aos irmãos. Esta história de abnegação e sacrifício num regime de pobreza e intolerância, é contada com uma estilização económica e eloquente, e a narrativa fantástica paralela introduz um contraponto estético, ao mesmo tempo que enfatiza o tema do filme: a coragem do combate individual contra forças terríveis e aparentemente invencíveis.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Elenco e equipa

Realização
Nora Twomey
Argumento
Anita Doron
Elenco
Saara Chaudry

A vossa opinião

0 comments