Três Cartazes à Beira da Estrada

Filmes, Comédia
4 /5 estrelas
5 /5 estrelas
(1comentário)
Três Cartazes à Beira da Estrada

A Time Out diz

4 /5 estrelas

Há muitas maneiras de protestar contra a ineficácia de um organismo público. Escrever uma carta aos jornais. Dar uma entrevista à televisão. Ir gritar para a rua. Em Três Cartazes 
à Beira da Estrada, de Martin McDonagh (Em Bruges), Mildred Hayes (Frances McDormand) escolhe alugar espaço em três cartazes publicitários na estrada que vai dar à cidadezinha de Ebbing, no Missouri, onde
 vive, para questionar o chefe de polícia local, Willoughby (Woody Harrelson) sobre a investigação da morte da sua filha adolescente. Faz vários meses que a rapariga foi violada, assassinada e o seu corpo queimado, e a polícia ainda não encontrou o culpado. E não foi por falta do chefe Willoughby – profissional diligente, homem decente, bom pai de família – tentar. É que não há a menor pista que ajude a resolver o caso. Mas isso não interessa a Mildred, que está em carne viva de desgosto, e marimbando-se para que os cartazes se virem quase todos contra ela.

É difícil falar de Três Cartazes à Beira da Estrada sem revelar spoilers. Por isso, vamos 
apenas dizer que este é um 
filme de dramaturgo, coisa que McDonagh também é, além de argumentista e realizador; que dá cerrada e dilacerante expressão dramática aos temas da dor inultrapassável, da relutância em sentir piedade, da frustração e do erro que é fazer juízos definitivos sobre os outros; que é estanque ao pronto-a-comover, ao dramatismo pré-fabricado, à estereotipação de personagens e à resolução reconfortante. E que Frances McDormand tem uma interpretação esmagadora, a melhor desde Fargo, logo seguida por Sam Rockwell num polícia bronco, irado e racista, mas que acaba por mostrar que nem sempre devemos julgar um livro pela capa, por mais feia que seja.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Elenco e equipa

Realização
Martin McDonagh
Argumento
Martin McDonagh
Elenco
Frances McDormand
Woody Harrelson
Sam Rockwell

A vossa opinião (1)

5 /5 estrelas
LiveReviews|1
1 person listening

Sete meses após o assassinato da sua filha, Mildred Hayes decide alugar três cartazes (sim à beira da estrada, daí o nome do filme) com uma mensagem de provocação à polícia pela sua falta de resultados. Os cartazes tornam-se rapidamente polémicos na pequena cidade do Missouri onde o filme se passa.

Não querendo revelar qualquer spoiler, um filme aparentemente pesado, torna-se surrealmente divertido dado o rol de personagens peculiares, mas sem perder a credibilidade.

Sem dúvida um must see que combina óptimas intrepretações, uma história intricada e cativante e um elevado padrão técnico.