LISB-ON

Música, Festivais de música
0 Gostar
Guardar
LISB-ON
©Kate Bellm
Há um episódio na história do Lisb-On que lhe traçou o destino: no primeiro dia de festival da primeira edição, uma enchente provocou o caos. Filas intermináveis, gente à sede, queixumes de todos os lados. Ora, a maior lição que se pode tirar destas histórias é pedir desculpa, melhorar e seguir em frente (nisto dos festivais como em muita coisa na vida). No dia seguinte, a diferença estava à vista: filas menores, organização mais preparada e a certeza de que o sucesso do Lisb-On, #JardimSonoro, estava para ficar. 
Esta é a terceira edição e o Lisb-On cresce, passando agora a ter dois palcos e um cartaz que varia entre a electrónica e artistas com uma abordagem mais funk, r&b ou até jazz. Um dos belos exemplos disso (aposta trunfo da organização) é Tony Allen. Baterista amigo (na vida e no palco) de Fela Kuti, o génio nigeriano que um dia disse que sem este Tony Allen não haveria afrobeat. 
Quem simplesmente procura techno também não vai sair do Parque Eduardo VII desiludido: Sven Väth, Nina Kraviz, Amp Fiddler, DJ Koze, Move D ou Motor City Drum Ensemble.
Website Evento http://lisb-on.pt/en