MEO Sudoeste: cinco concertos a não perder

O festival MEO Sudoeste está de volta à Zambujeira do Mar. Cinco nomes chamaram a nossa atenção
Mundo Segundo & Sam The Kid
Mundo Segundo & Sam The Kid
Por Luís Filipe Rodrigues |
Publicidade

Nos últimos anos, o Sudoeste reinventou-se. Era um dos melhores festivais de música portugueses, povoado ao longo de sucessivas edições por nomes como PJ Harvey, Sonic Youth, Belle & Sebastian ou Gilberto Gil, entre muitos outros, mas hoje é uma coisa diferente. Um festival mais adolescente e onde as guitarras foram subsituída por electrónicas e hip-hop, sem os nomes que fizeram durante anos as delícias dos críticos de música e dos fãs mais velhos. O que não quer dizer que não vá lá gente boa e que merece ser ouvida. Como estes que se seguem.

Recomendado: Guia completo dos festivais de Verão

MEO Sudoeste: cinco concertos a não perder

1

J Balvin

Nos últimos anos, J Balvin impôs-se como um dos mais populares e internacionais cantores colombianos e entre as figuras com quem já colaborou contam-se Pharrell Williams, os Major Lazer ou Cardi B, entre outros nomes de primeiro plano. Chegou onde chegou sem mudar a língua em que canta, o castelhano, e a música que faz, um reggaeton fresco que se cruza aqui e ali com o trap latino. Desde os tempos do Cartel de Medellín que uma exportação daquela cidade colambiana não conhecia tanto sucesso no estrangeiro.

Palco MEO. 8 de Agosto.

2

Mike El Nite

Mike El Nite é praticamente um nativo da Internet, e isso reflecte-se na sua música e no universo referencial que habita. Mas para lá dessa ciber-vivência encontra-se um hip-hop negro e liricamente ágil que assume as suas influências electrónicas. Deve lançar este ano um sucessor (talvez um EP, porventura chamado Inter-Missão) para o álbum O Justiceiro, de 2016. A canção “Dr. Bayard”, largada há uns meses no Youtube, é o primeiro avanço.

Moche Ring. 9 de Agosto.

Publicidade
3

Desiigner

Kanye West samplou Desiigner numa das faixas de The Life of Pablo. Terá sido este o primeiro contacto da maior parte das pessoas com a música do rapper nova-iorquino, que entretanto foi contratado pela GOOD Music de Kanye West e lançou uma mixtape, New English, em 2016, e um EP, L.O.D., este ano. O seu trap niilista lembra Future, e de que maneira, mas dada a tenra idade (21 anos, tantos como o festival) ainda tem espaço para crescer e trilhar o próprio caminho.

Palco MEO. 10 de Agosto.

4

Mundo Segundo & Sam The Kid

Mundo Segundo e Sam The Kid já nos deram muitas alegrias. O primeiro, natural de Vila de Nova de Gaia, é membro dos Dealema e tem uma carreira a solo (e uma barba) de respeito. O segundo vem de Chelas, é membro dos Orelha Negra e um o mais importantes rappers e produtores portugueses, apesar de não lançar um novo disco a solo há uma dúzia de anos. Andam a trabalhar num disco e a dar concertos conjuntos há mais de três anos, e no Sudoeste vamos ter mais uma oportunidade de conferir o estado do trabalhos.

Palco MEO. 10 de Agosto.

Publicidade
5

Shawn Mendes

É a Nelly Furtado de agora. Ou seja, a estrela pop luso-canadiana do momento – mesmo que a música de um e de outra sejam diferentes. Com 20 anos acabados de fazer, já tem três álbuns de originais no currículo, todos eles platinados. O mais recente, homónimo, saiu este ano e não se afasta da linha folk-pop-rock com um apelo transgeracional traçada nos anteriores.

Palco MEO. 11 de Agosto.

Mais que fazer na Zambujeira do Mar

Praia do Tonel
Fotografia:Ana Luzia
Viagens

As melhores praias na Zambujeira do Mar

São (só) 212 quilómetros que separam Lisboa de um paraíso de águas cristalinas, areias soltas e formações rochosas imponentes. A Zambujeira do Mar tem uma costa rasgada e vincada, perfeita para quem gosta de explorar segredos. 

Zambujeira do Mar
Arlindo Camacho
Restaurantes, Português

Os melhores restaurantes na Zambujeira do Mar

Peixe fresco e marisco, ou até uma boa carne de porco preto. Alguns dos melhores sítios para comer e beber na Costa Alentejana estão na Zambujeira do Mar e estas são as nossas sugestões para depois de um mergulho nos Alteirinhos ou na praia da Amália.  

Publicidade
Sobreiras
©DR
Hotéis

Os melhores hotéis da Costa Alentejana

Da Comporta à Zambujeira do Mar o que não faltam são motivos para ir e ficar, nem que seja só por uns dias. Turismos rurais, hotéis de charme e até um glamping no meio do nada mas perto de tudo. 

Publicidade