Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Há mais 200 trotinetas em Lisboa, de uma terceira operadora
Notícias / Vida urbana

Há mais 200 trotinetas em Lisboa, de uma terceira operadora

voi scooters
©VOI

Depois da Lime e da Hive, é a VOI que ocupa as ruas de Lisboa com trotinetas. Mais 200 que se juntam às centenas de veículos que já circulam por todo o lado.

Nasceu este Verão, é sueca e já está representada em sete cidades, Lisboa incluída desde esta segunda-feira. E é em tudo semelhante aos serviços já instalados na cidade – o norte-americano Lime e mais recentemente o alemão Hive.

A plataforma sueca trouxe 200 trotinetas e o desbloqueio do veículo faz-se com a aplicação Android ou iOS e os preços são exactamente os mesmos da concorrência: 1€ para desbloquear, e 15 cêntimos por minuto de deslocação.

voi scooter

©VOI

Fundada no Verão deste ano, a VOI já pôs trotinetas nas ruas de Estocolmo, Gotemburgo, Madrid, Saragoça e Málaga e conta com mais de 150 mil utilizadores. "Desde o lançamento em Estocolmo, temos visto um crescimento muito forte, com mais de 450 mil quilómetros percorridos com o VOI desde então. Esperamos um resultado semelhante em Lisboa, uma cidade marcada pela inovação, tecnologia e bom tempo", afirma Frederico Venâncio, gerente geral da VOI Portugal, em comunicado.

Nos próximos meses a VOI planeia chegar a França e Itália com a missão de "oferecer às cidades poluídas e congestionadas da Europa um serviço acessível, inovador e sustentável para todos os que as visitam ou vivem nelas", acrescenta ainda Venâncio. E sublinha: "Embora nós queiramos expandir-nos rapidamente, queremos fazê-lo de forma sustentável. E de acordo com as regras locais de cada cidade. Estamos em contacto com as principais entidades para garantir correctamente o nosso lugar no ecossistema de mobilidade local".

E pode haver mais transportes partilhados a caminho: durante a apresentação do serviço Hive, na semana passada, o vereador da Mobilidade do município, Miguel Gaspar, disse haver mais 13 interessados em operar em Lisboa.

A propósito do aumento deste tipo de veículos em Lisboa, até domingo a PSP leva a cabo uma operação de sensibilização e fiscalização do uso de capacete e não só. Nas zonas da Avenida da República, Avenida da Liberdade, Baixa e Saldanha os agentes da PSP vão fazer cumprir o Código da Estrada, que impõe o uso de capacete em velocípedes com motor e os proíbe de circular nos passeios. As multas podem chegar aos 300€.

+ Lime oferece capacetes e lança campanha de boas práticas

+ Lisboa eleita Melhor Cidade Destino e Melhor Destino City Break do Mundo

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments