Um gajo nunca é mais a mesma coisa

Teatro
Um gajo nunca é mais a mesma coisa
Festival de Almada Um gajo nunca é mais a mesma coisa

A Time Out diz

“A minha mulher chorava por mim, porque um soldado não chora”: diz o protagonista, soldado à força, numa guerra que foi sempre mais de outros do que de quem nela combatia. Em Um gajo nunca mais é a mesma coisa, o espectador encontrará um conflito bélico já bem distante, que nunca constituiu uma verdadeira memória colectiva, antes uma ferida aberta que se sente na carne e ninguém quer ver nem tratar. Entre o passado que se viveu e o presente que o revive, fala-se da guerra colonial, do fantasma cada vez mais real da extrema-direita, do racismo e da globalização.

Detalhes

Também poderá gostar
    Best selling Time Out Offers