BoLa Falafel

Restaurantes, Árabe e Médio Oriente Porto
0 Gostar
Guardar
Bola Falafel
1/3
Bola Falafel
Bola Falafel
2/3
O espaço é informal
Bola Falafel
3/3
O falafel é uma das especialidades

Quando era mais pequena fartei-me de fazer teatro. Primeiro, porque o meu pai tinha uma companhia de actores e de actrizes que eu substituía sempre que alguma ficava doente ou batia com a porta queixando-se de falta de protagonismo. Segundo, porque era gulosa e pronto. Fingia desfalecer se não comesse aquele mil-folhas, ou tonturas se não despachasse um rissol de leitão rapidamente.

Por isso, quando os meus pais anunciaram que iam a Israel, toda a minha veia dramática aflorou com prontidão. Era necessário que me trouxessem tâmaras Medjool. No regresso, a bagagem da minha mãe era um escândalo: sete quilos deste fruto seco polposo e docíssimo. Quem tem mãe e tem tâmaras, tem tudo.

Contei este episódio ao Miguel, que se sentou comigo à mesa
 do Bola Falafel, o recém-aberto restaurante israelita na Boavista, que, segundo os próprios, “é o primeiro restaurante kosher em Portugal” e que segue à risca as normas da religião judaica. Não comem marisco, nem porco, e o sangue do animal tem de ser drenado antes do seu consumo, por exemplo.

Uma cesta de pão pita caseiro, acabado de fazer num balcão 
ao fundo do restaurante, chega à mesa, fofo e leve, ao mesmo tempo que uma beringela com tahini, uma pasta de sésamo.

Trazia tomate, grão, salsa e pimentão, e tinha um forte sabor a fumado por ter sido cozinhada directamente sobre o fogo. O Miguel torceu o nariz. Eu achei interessante, apesar de saber que não é um prato fácil.

Depois, a shakshuka, típica do Médio Oriente, com uns ovos cozinhados na perfeição, mas mergulhados numa piscina
 de polpa de tomate e gordura. Faltaram os pimentos e ficou quase inteira na travessa, sem arrancar grandes elogios. O hummus estava bom, mas sem ser extraordinário, e o destaque foi para as bolas falafel de 
peixe que o acompanhavam, aromáticas.

Para terminar, pedimos o malabi, um pudim de leite com água de rosas que teria marcado mais pontos se fosse caseiro e não viesse numa daquelas taças de plástico às quais se tira a película. Vieram ainda uns bolos de massa frita, fáceis de roer, que se vendiam avulso sobre o balcão para acompanhar os cafés. Um de mel e coco e outro com sementes de sésamo, a lembrar os nossos coscorões de Natal. Não foi perfeito, mas é, ainda assim, uma viagem da Boavista ao mundo mediterrânico que vale a pena. Especialmente quando já não há tâmaras na despensa.

*As críticas da Time Out dizem respeito a uma ou mais visitas feitas pelos críticos da revista, de forma anónima, à data de publicação em papel. Não nos responsabilizamos nem actualizamos informações relativas a alterações de chef, carta ou espaço. Foi assim que aconteceu.

Por Dulce Dantas Marinho

Publicado:

Nome do local BoLa Falafel
Contato
Endereço Avenida da Boavista, 719
Porto
4100-127
Horário Seg-Qui 11.00-16.00/ 19.00-23.00, Sex 11.00-16.00, Sáb 20.00-00.00, Dom 11.00-23.00
Preço Até 20€
É o proprietário deste estabelecimento?

You may be interested in:

LiveReviews|0
1 person listening