Panca - Cevicheria & Pisco Bar

Restaurantes, Peruano Baixa
3 /5 estrelas
Panca - Cevicheria & Pisco Bar
1/6
O Panca parece a selva
Ceviche - Panca Cevicheria & Pisco Bar
2/6
Ceviche do Panca Cevicheria & Pisco Bar
Polvo teriyaki - Panca
3/6
Antichuco de polvo teriyaki do Panca
Panca – Cevicheria & Pisco Bar
4/6
Panca – Cevicheria & Pisco Bar
Panca – Cevicheria & Pisco Bar
5/6
Panca – Cevicheria & Pisco Bar
Panca – Cevicheria & Pisco Bar
6/6
Panca – Cevicheria & Pisco Bar

Como diz a minha mãe, tudo o que é demais é erro. Também diz outras coisas como: “Quem muito se baixa, o rabo lhe aparece”. Foi sempre muito próspera em ditados populares, esta mulher. E isto porquê? Porque fui almoçar ao Panca de Vasco Mourão e do chef chileno Camilo Jaña (responsáveis por restaurantes como o Cafeína e o Terra) e saí a achar que tinha atracado num admirável mundo novo. E não no bom sentido.

Bem sei que quanto mais genuíno um restaurante parecer, melhor é a experiência para o cliente. Mas quando o esforço se torna evidente, a coisa roça o exasperante.

Depois de 20 minutos a torrar debaixo do sol na esplanada, e de uns quantos agitares de braços no ar, como dois náufragos a quem só faltou aparecer escorbuto à conta
 da carência de comida, lá conseguimos que uma das meninas que serviam às mesas neste restaurante, com uma carta inspirada na gastronomia da América do Sul, nos desse um pouco de atenção. A primeira abordagem foi feita em inglês (nervos), depois percebemos que só falava castelhano, e de seguida que não nos entendia, nem nós a ela.

Senti-me o Colombo. E o pior é que pela hora avançada já devia estar a pagar um balúrdio pelo estacionamento da nau.

Pedir duas entradas e dois pratos demorou perto de dez vagarosos minutos. Atrapalhada com tudo, mostrou um desconhecimento total da carta. Perguntei o que levava o ceviche Mariscal Puro, Mar Adentro. Não sabia. Pedi para perguntar na cozinha. Ignorou. Ora, se eu fosse alérgico a algum ingrediente, a esta hora estaria inchado numa qualquer cama de hospital. Se não pior.

Pedimos uns taquitos de tártaro de novilho e guacamole para começar, com pickle de cebola roxa, cebolinho, coentros, pepino e um creme suave de abacate (8,50€/3 uni.). Eu, que mais parecia uma lagosta suada, atirei-me a eles na esperança de uma lufada de frescura. Não aconteceu. Banais, virei-me para o bom pisco que entretanto chegara (7€).

As empanadas de chili com carne foram as vencedoras. A massa tenra, quente e estaladiça, envolvia um recheio saboroso, que ganhava corpo com os molhos picantes e aromáticos que as acompanhavam (7€/3 uni.).

Depois de uns segundos de contemplação, enumerei: ostra, mexilhões, camarão, 
aipo, coentros, cebola roxa, alga kombu
 e um delicioso puré de batata doce. Tudo mergulhado em leite de tigre. É disto que é feito o Mariscal Puro, Mar Adentro (14€). Estava bom, mas foi só. Lembro-me de ter comido ceviches mais memoráveis no menu do dia do Panca.

Seguiu-se o bife de novilho com chimichurri (17€), um molho tradicional da Argentina feito à base de salsa, alho e cebola e que, por incrível que pareça, não o senti, nem encontrei no prato. Vinha antes com um molho vistoso de beterraba e vinho tinto, encorpado, que ligava muito bem com a carne. Também o Colombo queria a Índia e saiu-lhe outra coisa na rifa.

Rematámos a refeição com um suspiro
 de limeña com lucuma, uma sobremesa típica de Lima, capital do Peru, feita com este fruto tropical e creme de ovo (5,50€);
 e uma dose de churros com um belíssimo doce de leite (6€). Em ambas, a doçura foi equilibrada por duas bolas de gelado. Uma de lima, outra de manga.

Pedir dois cafés também não foi fácil, nem pagar a conta. Mais de 70€ por uma refeição assim-assim e um atendimento medíocre deixou um gosto amargo na boca.

*As críticas da Time Out dizem respeito a uma ou mais visitas feitas pelos críticos da revista, de forma anónima, à data de publicação em papel. Não nos responsabilizamos nem actualizamos informações relativas a alterações de chef, carta ou espaço. Foi assim que aconteceu.

Por Ricardo Capitão

Publicado:

Nome do local Panca - Cevicheria & Pisco Bar
Contato
Endereço Rua Sá de Noronha, 61
Porto
4050-159
Horário Todos os dias 12.00-01.00
Preço 30€ a 40€
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location
LiveReviews|0
1 person listening