Alexandra Dovgan

Música
Alexandra Dovgan
© Oscar Tursunov Alexandra Dovgan

A Time Out diz

A reacção mais natural à frase “a solista neste recital de piano nasceu em 2007” é pensar tratar-se de uma gralha. Não é. A pianista russa Alexandra Dovgan, que nesta ocasião se estreia em Portugal, tem mesmo 12 anos, já coleccionou tantos prémios quanto os anos que leva de vida (começou a arrecadá-los logo aos sete anos) e não será a Sala Suggia a intimidá-la: já tocou em templos como a sala da Filarmónica de Berlim e o Concertgebouw de Amesterdão. Os ídolos desta rapariga não são os BTS ou os One Direction, mas Emil Gilels e Grigory Sokolov, e o seu compositor de eleição é Rachmaninov, de quem tocará cinco Prelúdios e o Romance op.38/3, bem como arranjos de Rachmaninov para o Prelúdio, a Gavota e a Giga, da Partita para violino solo n.o 3 de Bach, e para o Scherzo de Sonho de uma Noite de Verão, de Mendelssohn. O programa inclui a Sonata n.o 8 op.13 Patética, de Beethoven, e a Fantasia-Improviso op.68, as Valsas op.64 e as Mazurcas op.68, de Chopin. Vejam este prodígio, mas depois não infernizem a vida aos miúdos lá em casa por não serem capazes de tocar a “Parabéns a Você” sem erros.

Detalhes

Também poderá gostar