A Time Out na sua caixa de entrada

Unity Coffee Roasters
Francisco Romão Pereira

Unity Coffee Roasters: há mais um espaço de brunch (e café de especialidade) no centro de Cascais

Fomos experimentar especialidades do leste da Europa, mas também de outros países – de tostas a waffles, passando por crepes.

Escrito por
Ricardo Farinha
Publicidade

Depois de conquistar Lisboa, a tendência já (muito) conhecida do brunch tem vindo a apoderar-se de Cascais, com vários espaços do género a abrirem nos últimos meses pelo concelho fora. E eis que nasce mais um: chama-se Unity Coffee Roasters, fica no centro da vila e, como se pode adivinhar pelo nome, também é perito em café de especialidade.

As portas abriram discreta e gradualmente a partir de 25 de Dezembro, Dia de Natal, mas a inauguração oficial só aconteceu a 8 de Fevereiro. O dono é o russo Alexander Rozhkov, que saiu do país depois do início da guerra com a Ucrânia, explica-nos a gerente, também de nacionalidade russa, Elizaveta Vagabova. “Ele é de Moscovo e já tinha uma empresa de torrefacção de café”, conta. “Entretanto, apaixonou-se por Portugal e, em particular, pela zona de Cascais e Sintra. Adora o oceano e o clima.”

Unity Coffee Roasters
Francisco Romão Pereira

Sabores do leste da Europa – e do mundo inteiro

A ideia de “união”, expressa no nome do espaço, reflete a oposição aos conflitos. “A ideia é que este seja um ponto de encontro para pessoas de todo o lado, que seja um sítio de convívio e networking. E mostra que é possível que todos se dêem bem.”

A comunidade russa e ucraniana, que já tem alguma expressão em Cascais, tem frequentado bastante o Unity, até porque ali servem-se algumas especialidades do leste da Europa. É o caso do bestseller syrniki (13€), umas panquecas de queijo que vêm acompanhadas de mel, compota caseira de frutos vermelhos, leite condensado e natas ácidas.

Unity Coffee Roasters
Francisco Romão PereiraAs syrniki

Na carta do Unity também vai encontrar crepes: com queijo fresco (9€), servidos com a mesma compota de frutos vermelhos, creme de chocolate branco e uma mistura de frutos silvestres; com batata esmagada com cogumelos e aneto, molho de cogumelos e queijo parmesão (8€); ou com caviar e queijo creme (13€), outras iguarias habituais naquela região.

Porém, o menu é bastante internacional, incluindo ainda ossobuco com puré de batata com aneto e molho de carne (12€); salmão frito com couscous à marroquina com ovo e molho de champanhe com caviar (15€); a tosta Suzette, de brioche com creme de chocolate branco e hortelã (8€); ou os ovos gregos, com molho tzatziki, beringela assada, chili, hortelã, azeite de paprika fumada e pão (14€). 

Unity Coffee Roasters
Francisco Romão PereiraOs crepes de batata

Entre outras opções – com tostas, waffles e brioches à cabeça – tem várias sobremesas à escolha. Pode rematar a refeição com uma fatia de bolo de mel (8€) ou do bolo Napoleão (8€), muito comuns na Rússia, ou com cheesecake (7,50€) ou mousse de chocolate (7,50€).

Especialidade? Café de especialidade

A outra jóia da coroa do Unity, também à vista no nome, é o café (e derivados). Os grãos – que vêm de diferentes países, do Brasil à Etiópia – passam por um processo de torrefacção ali mesmo, numa zona específica ao fundo da loja. Além de múltiplos cafés ou cappuccinos, vale a pena experimentar o latte com caramelo salgado (6€), o latte pumpkin spice (6€) ou o chocolate quente que garantem ser especial (4€).

Unity Coffee Roasters
Francisco Romão Pereira

Se gosta de sabores de outras latitudes, prove ainda o Vanilla Raf (6€), uma bebida muito popular na Rússia que consiste num expresso duplo com leite, natas e xarope de baunilha caseiro. O Mulled Coffee (6€) junta sumo quente, canela e pimenta branca.

Também vendem café a grão, vinhos naturais e inúmeros chás, incluindo especialidades russas no espaço além de terem uma loja online.

Unity Coffee Roasters
Francisco Romão Pereira

“Na Rússia existem competições de café torrado e gostávamos de fazer o mesmo em Portugal”, revela Elizaveta Vagabova. “Para depois irmos aos concursos internacionais e podermos desenvolver este universo por cá.” A missão é assumida, mas por enquanto estão empenhados em consolidar aquilo que já estão a concretizar: tornarem-se num ponto de encontro para todos.

Avenida 25 de Abril, 181, Cascais

+ Os melhores brunches em Cascais

Últimas notícias

    Publicidade