A Time Out na sua caixa de entrada

Teatro Experimental de Cascais
Teatro Experimental de Cascais

A história (e o legado) do Teatro Experimental de Cascais é contada em livro

‘Fazer Sonhar – Teatro Experimental de Cascais 1965-2023’ é um trabalho de José Pedro Sousa e foi lançado este sábado.

Escrito por
Ricardo Farinha
Publicidade

Num momento importante de transição para o Teatro Experimental de Cascais (TEC), devido à morte de um dos seus fundadores e directores de sempre, Carlos Avilez, é publicado um livro que conta a história e reflecte sobre o legado da mais antiga companhia de teatro na Europa em actividade. Fazer Sonhar - Teatro Experimental de Cascais 1965-2023 é um trabalho de José Pedro Sousa e foi lançado no Sábado, 17 de Fevereiro. A apresentação aconteceu no Auditório Carlos Avilez, na Academia de Artes do Estoril.

Teatro Experimental de Cascais
DR

O livro retrata em detalhe a história da companhia e explica o papel determinante que desempenhou no ecossistema artístico em Portugal e a referência internacional em que se tornou. Explica as origens do TEC, como foi trabalhar durante os últimos anos da ditadura e como se revolucionou após o 25 de Abril, promovendo digressões no estrangeiro e mudando do Teatro Gil Vicente, em Cascais, para o Teatro Municipal Mirita Casimiro, no Estoril, local a que ainda hoje chamam casa.

Inicialmente, Fazer Sonhar - Teatro Experimental de Cascais 1965-2023 estará apenas disponível para compra na sede do TEC, sendo que nas próximas semanas deverá chegar também a algumas livrarias.

A Time Out entrevistou recentemente o programador e cenógrafo Fernando Alvarez, uma das figuras mais importantes do TEC, para reflectir sobre este momento de transição na companhia e antecipar a programação deste ano.

Teatro Municipal Mirita Casimiro, Avenida Fausto de Figueiredo, Estoril

+ O que há de novo em Cascais

Últimas notícias

    Publicidade