Notícias

Cascais tem uma rota literária que também se come

De Fernando Pessoa a Eça de Queiroz, há um percurso que une as principais referências literárias em torno da vila. Em Maio, transforma-se num evento gastronómico.

Escrito por
Ricardo Farinha
Cascais
DR
Publicidade

As muitas ligações entre as figuras da literatura e a vila de Cascais originaram uma rota literária. Para Fernando Pessoa e Maria Amália Vaz de Carvalho era um refúgio espiritual. Eça de Queiroz reunia os grandes intelectuais do seu tempo em jantaradas na Casa de S. Bernardo. Branquinho da Fonseca foi essencial para aproximar as bibliotecas da comunidade. Já Ramalho Ortigão louvava as praias de Cascais e as propriedades terapêuticas das suas águas, enquanto Alberto Pimentel apreciava particularmente a gastronomia local. Almeida Garrett visitava a vila em busca do seu amor proibido e Ruben A. passou por lá momentos marcantes durante a Segunda Guerra Mundial, quando a vila foi ponto de passagem de muitos espiões e refugiados. 

Foi a pensar em todas estas histórias e referências que António Ribeiro, aluno de mestrado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, desenhou esta rota literária, no âmbito de um estágio que a Câmara Municipal de Cascais lhe facultou. O percurso, que pode ser consultado em pormenor neste guia digital, prolonga-se durante três quilómetros e pode durar uma hora a andar a pé.

Uma experiência que também é gastronómica

A par da rota literária, todos os anos esta iniciativa transforma-se num evento gastronómico. A próxima edição acontece a 3 de Maio, a partir das 19.00, com uma visita guiada ao longo da rota, seguida de um jantar literário, servido pelas 20.00 na Casa de Santa Maria.

A ementa de 2024 foi inspirada sobretudo por Branquinho da Fonseca, no âmbito do 50.º aniversário da sua morte. Custa 110€ por pessoa e as inscrições devem ser feitas através do e-mail info@cascaisfoodlab.pt. A organização é do Cascais Food Lab, com o apoio da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. 

Há mais informações no site da autarquia.

+ 🍽️ O que há de novo em Cascais

🌸 Primavera em Cascais: 10 ideias para ser feliz na nova estação

Últimas notícias

    Publicidade