A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Rua Amarela Cascais
DR

Paragens obrigatórias na Rua Amarela, em Cascais

Uma rua animada, fechada ao trânsito, com o chão pintado de amarelo, servida por vários restaurantes, a maioria com esplanada, em pleno centro histórico de Cascais.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Há qualquer coisa de alegre numa rua pintada, seja cor-de-rosa ou amarela. Nesta última, em pleno centro histórico de Cascais, no eixo que compreende as ruas Nova da Alfarrobeira, Alexandre Herculano e Afonso Sanches, paira uma vibração boa, como se estivéssemos noutro território (e muito distante de palavras como pandemia ou confinamento). Foi aqui que a Câmara instalou, desde o Verão 2020, uma zona dedicada à restauração de rua, sem trânsito, e cheia de gente animada de um lado para o outro. Cada vez mais um ponto de paragem obrigatório para cascalenses e visitantes quando os objectivos são comer bem, beber um copo e dar um pezinho de dança – tudo no mesmo raio de acção, sem ter de andar de carro ou uber de um lado para o outro –, conheça os melhores restaurantes na Rua Amarela, em Cascais.

Recomendado: Dez paragens obrigatórias na Avenida Sabóia

Paragens obrigatórias na Rua Amarela

  • Restaurantes

No COAL, em Cascais, há carne com fartura mas não só. Também há bifes de atum, cogumelos portobello, legumes variados e um peixe fresco do dia, tudo directamente da grelha para o seu prato. Com capacidade para 100 pessoas sentadas – 60 nas duas salas interiores e 40 nas esplanadas, uma em plena Rua Amarela e outra menor nas traseiras – o restaurante apresenta uma decoração moderna e arrojada, com elementos que remetem directamente para o carvão.

  • Restaurantes
  • Mexicano

O néon pendurado numa das paredes lança o repto para aquilo que é o espírito deste mexicano: La puta fiesta. Além de ser repetidamente fotografado para ilustrar noites animadas (ainda as há!), regadas a tequila e afins, serve de antídoto perfeito para os tempos de neurose que se instalaram em todo o mundo. Prove os jalapeños recheados com queijo, os chilaquiles ou a quesadilla de puro queijo de entrada e depois siga para os tacos, com as clássicas opções de carnitas, al pastor ou tinga de pollo. Para grupos numerosos, as opções Al Centro, com kits de taco DIY, são a escolha acertada. Deixe ainda um espaço para os churros com doce de leite e para a tarte de limão.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Indiano

Há quem, em plena pandemia – e mais, em pleno período de confinamento –, tenha ousado abrir novos restaurantes. É o caso do Chutnify que chegou a Cascais com o menu recheado de especialidades indianas para partilhar. O ambiente e a decoração são semelhantes aos dos "irmãos", com muita cor e desenhos das típicas caixas de fósforos indianas. O espaço de 110 m2 divide-se entre uma zona lounge de bar e uma sala confortável para almoçar e jantar, sendo que entre ambos está uma cozinha aberta. O menu manteve-se fiel ao de origem do Chutnify, com entradas como chamuças, pratos principais com caril das mais variadas regiões ou especialidades grelhadas no forno tandoor.

  • Restaurantes
  • Global

Os belgas têm o óptimo hábito de juntar mexilhões a batatas fritas, comendo tudo à mão, sem cerimónias. O Moules & Gin importou o conceito, juntou-lhe molhos deliciosos com influências de todo o planeta e uma lista de cocktails extensa e original. Em alternativa aos bivalves, tem o naco de lombo fatiado, servido com batatas fritas, molho de mostarda, de manteiga de ervas, e molho holandês (16€). Não se esqueça de marcar mesa: costuma estar cheio.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cascais

A especialidade deste microrestaurante são os crus: serve carpaccios, tártaros e ceviches, além de umas belas piadinas para rematar. Os ingredientes andam entre o salmão, o atum e a carne de novilho, mas as combinações variam e vão bem com os cocktails clássicos para acompanhar: gins, caipirinhas ou mojitos. A esplanada há muito que deixou de ser um exclusivo das noites quentes de fim-de-semana – agora só arreda se estiver a chover.

  • Restaurantes
  • Petiscos
  • Cascais
  • preço 2 de 4

A paragem mais castiça da Rua Amarela é esta Taberna Clandestina, um daqueles lugares de mesas em madeira quadradas, a privilegiar os bancos altos, como os que se encontram na esplanada em frente à porta. Na zona interior há cantos e recantos para receber refeições para partilhar, petiscos clássicos com enchidos, queijos e vinhos. À sexta e ao sábado só fecha às 02.00, ou seja, pode ficar por lá, depois de jantar, a beber (mais) uns copos. A burrata é obrigatória. 

Também poderá gostar de...

  • Restaurantes

A frescura do produto é o que mais importa na hora de comer peixe. Mas arte de o trabalhar, de forma a não danificar a matéria-prima, também é essencial para os verdadeiros apreciadores. Finalmente, um bom serviço também ajuda a que a refeição saiba ainda melhor. Cascais, terra de homens do mar, reúne estas três condições em diversos restaurantes. Vila onde o peixe é rei e senhor, com espécies pescadas ali mesmo ao largo, exemplo dos linguados, corvinas, polvos ou sargos, sem esquecer o marisco, importante é mesmo saber onde comer bom peixe em Cascais. Damos-lhe sete boas opções – uma para cada dia da semana, quem sabe.

Recomendado: Os melhores restaurantes em Cascais

  • Coisas para fazer

Se é certo que muitos projectos foram adiados ou ficaram pelo caminho por causa da pandemia, outros houve que decidiram arriscar e dar-se a conhecer no ano da (des)graça de 2020. Tem sido desde sempre trabalho da Time Out estar atenta a tudo o que nasce de novo na Grande Lisboa. Vai daí, pusemo-nos em linha e corremos as capelinhas todas para reunir as novidades em Cascais, porque bem sabemos que não gosta que lhe escape nada. Fica a meia hora da capital e tem algumas boas novas para descobrir, das lojas aos restaurantes. Siga as nossas pistas e rume à linha para ver o que há de novo em Cascais.

Recomendado: Comer, comprar e passear: as melhores coisas para fazer em Cascais

Publicidade
  • Restaurantes

A meia hora de Lisboa, Cascais – à beira-mar plantado – não é apenas um paraíso de praias e ondas para surfar. Os melhores restaurantes em Cascais, para antes ou depois do bronze, têm os olhos colados ao mar. Mas, se as estrelas são os peixes e o marisco, há mais: alta cozinha chinesa, caça e até estrelas Michelin. Entre a terra e o mar, difícil será escolher se prefere um pargo com cevadinha e funcho ou uma burrata italiana da Campânia. Explore este roteiro de acordo com as diferentes vontades e só podemos garantir que não sai defraudado. Palavra Time Out.

  • Coisas para fazer

Às praias idílicas junta-se uma agenda de eventos preenchidérrima, somam-se restaurantes fantásticos, imeeeenso espaço para fazer desporto e, claro, algumas lições de história. Para quem acha que em Cascais não há nada mais do que praias bonitas e ondas para surfar, temos 30 sugestões que provam o contrário e dão matéria para passar um dia completo (e os que mais quiser) na vila, com actividades desde o nascer do sol ao nascer da lua. Entre comer, comprar e passear, vai de certeza ficar com vontade de ir dar um mergulho. Se o tempo não estiver para brincadeiras, pode fazer uma pausa para um café e um mimo, doce ou Salgado.

Recomendado: O que há de novo em Cascais

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade