Travessia ∞ Muxima

Arte
Muxima
© Alfredo Jaar Muxima

A Time Out diz

Entre as várias exposições da Bienal'21 de Fotografia do Porto, merecem destaque os trabalhos de Susan Meiselas e Alfredo Jaar – ambos tratam o colonialismo português e as suas consequências – que vão ser apresentados em conjunto, com o nome Travessia ∞ Muxima, na Reitoria da Universidade do Porto. O trabalho da primeira artista é um “documentário expansivo” feito em colaboração com a comunidade afrodescendente do Porto. Já a proposta de Alfredo é “um filme, um poema visual sobre a comunidade angolana, o impacto do colonialismo português e outras problemáticas que ainda vivem nos dias de hoje”, explica o director artístico, Virgílio Ferreira. 

Detalhes

Também poderá gostar