Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right A Too Good To Go celebra aniversário com talks e Magic Boxes gratuitas
Too Good To Go
© DR Too Good To Go

A Too Good To Go celebra aniversário com talks e Magic Boxes gratuitas

Na impossibilidade de se apagarem velas, salvam-se refeições e fala-se sobre desperdício alimentar.

Por Francisca Dias Real
Publicidade

Todos merecemos uma segunda oportunidade. Até a comida. É com base nisso que, todos os dias, a Too Good To Go parte em missão e lança a bóia salva-vidas a centenas de refeições por todo o país. Uma luta diária que acontece há um ano em Portugal. Para celebrar o primeiro aniversário, há números gordos que enchem as medidas. Mas não só: a festa também se faz com um evento com conversas e com uma loja pop up especial. 

Não há perdas neste jogo, todos os intervenientes ganham. A aplicação dinamarquesa com poiso em vários países por todo o mundo chegou a Portugal em Outubro de 2019 e desde então vai pescando entre cafés, cadeias de supermercados, mercearias, restaurantes e lojas aquilo a que chamamos de excedente. Depois permite que os utilizadores da app encomendem esses excedentes – que chegam nas chamadas Magic Boxes – a preços reduzidos. Os parceiros, além de reduzirem o desperdício, podem ganhar novos clientes, clientes esses que ganham uma boa refeição a preço de amigo. Moral da história: poupa-se dinheiro, ganha-se clientela e, mais importante que tudo, uma refeição de qualidade que iria parar ao lixo é salva. E isto acontece nas várias cidades onde a aplicação está operacional: Lisboa, Porto, Leiria, Braga, Coimbra, Almada, Guimarães, Setúbal, Aveiro e Viseu, bem como na região do Algarve.

Os números que o projecto combate mexem e remexem na consciência. Cerca de um terço da comida em todo o mundo é desperdiçada. Um terço. Por consequência, o desperdício alimentar é directamente responsável por 8% das emissões de gases de efeito de estufa, com um desperdício de 1,3 mil milhões de toneladas de alimentos anualmente. Em Portugal, as contas são semelhantes: estima-se que os portugueses desperdicem um milhão de toneladas de comida por ano, segundo dados do PERDA – Projecto de Estudo e Reflexão sobre o Desperdício Alimentar. Isso equivale a quase 274 mil quilos por dia de comida que, de acordo com o movimento Unidos Contra o Desperdício, daria para alimentar as cerca de 360 mil pessoas com carências alimentares em Portugal. 

E se há valores tenebrosos, a Too Good To Go responde com outros que dão alento. No último ano, o projecto conquistou mais de 400 mil utilizadores, mais de 1600 parceiros e mais de 200 mil refeições salvas. Metas mais do que suficientes para celebrar – de uma forma adaptada aos tempos, mas com a vontade de sempre de educar e consciencializar todos à volta. 

Na comemoração do aniversário, nos dias 28 e 29 de Outubro, a Too Good To Go organiza conversas sobre como combater o desperdício em várias frentes, seja em casa ou nas empresas. As conversas serão intimistas, ou seja, decorrem apenas com oradores e respectivo moderador, mas qualquer pessoa poderá acompanhá-las através das redes sociais da app: Instagram, Facebook ou YouTube

Programa:

DIA 28

16.00 Showcooking desperdício zero

A dupla Maria e Rui, do restaurante Kitchen Dates, conhecido por ser um restaurante sem caixote do lixo, sem produtos de origem animal, tudo local e biológico, vai levar a cabo um showcooking onde nadica de nada será desperdiçado. A comida que será feita durante a sessão – transmitida online – será direccionada para as magic boxes da loja pop up.

17.00  Desperdício alimentar nas empresas

Nesta conversa, moderada por Mariana Barbosa, jornalista do ECO, discute-se como é que as empresas podem ser mais sustentáveis e como é que podem garantir que os funcionários estão envolvidos neste processo. Na talk estarão João Silva, da Danone IBERIA, Gisela Fontes, do IAPMEI, e João Almeida, do Impact Hub. 

Publicidade

18.00 Cidades desperdício zero

Esta talk põe em cima da mesa os esforços nas cidades e como é que as suas instituições podem ajudar a tornar a zona urbana cada vez mais sustentável. Para falar sobre isso estarão Madalena Rugeroni, da Too Good To Go, Maria do Rosário Palha, da Fundação Calouste Gulbenkian, e Marta Castelão Costa, do Pestana Planet Guest.   

DIA 29

18.00 Desperdício alimentar "do prado ao prato" 

Ao segundo dia, discute-se como é que os produtores e os distribuidores podem lidar com o desperdício. Caetano Xavier, do podcast Economicamente Falando, vai moderar a conversa com Paulo Monteiro, da Auchan, Alfredo Sendim, da Herdade do Freixo do Meio, e Goreti Lopes, da Câmara Municipal de Lisboa. 

Publicidade

19.00 Desperdício alimentar  – Tendências dentro e fora de casa

Como podem os consumidores lidar com o desperdício alimentar? É uma pergunta que terá algumas respostas durante esta talk moderada pela apresentadora Luísa Barbosa, com Patrícia Rebelo, influencer e activista, Vânia Ribeiro, influencer e autora da página Made by Choices, e Vera Moura, directora cá da casa (vulgo Time Out). As três vão ajudar a perceber como é que determinados comportamentos podem ser adoptados no conforto do lar, mas ao mesmo tempo ser também levados para os espaços públicos e de lazer nas grandes cidades. 

Pop Up Too Good To Go

A estrutura estará no Príncipe Real, no espaço A Sociedade (Rua Luís Fernandes 32A) ao longo dos dias 28 e 29, entre as 15.00 e as 18.00. Os utilizadores da app podem simplesmente aparecer para levantar uma Magic Box gratuita, que estarão disponíveis ao longo dos dois dias com oferta limitada ao stock, mas sem necessidade de reserva. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade