A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Fundação de Serralves

  • Coisas para fazer
  • Porto
  1. Fundação Serralves
    Fundação SerralvesFundação Serralves
  2. Fundação de Serralves
    ©Fundação SerralvesVai poder caminhar a 15 metros do solo ao longo de 260 metros
  3. Fundação de Serralves - Serralves em Festa
    ©DR“Transpor Fronteiras" é o lema da 15ª edição do Serralves em Festa
  4. Fundação de Serralves - Parque
    ©Ana OliveiraFundação de Serralves - Parque
Publicidade

A Time Out diz

O Museu de Serralves foi projectado pelo arquitecto Álvaro Siza Vieira, em 1991. Em 1999 foi inaugurado o novo edifício, que se mistura na perfeição com o Parque e com a Casa de Serralves. Além das exposições itinerantes há muitas outras permanentes e isso faz com que Serralves seja uma boa ideia em qualquer altura do ano.

Detalhes

Endereço
Rua D. João de Castro, 210
Porto
4150-417
Horário
Todos os dias 10.00-19.00

Novidades

Ai Weiwei

O artista chinês Ai Weiwei é conhecido por ser um activista pelos direitos humanos e pela liberdade, mas também pelo uso inteligente das tecnologias de comunicação. Recorre a vários modos de análise e produção, dependendo do rumo e dos resultados da investigação que o ocupa no momento. A sua produção é diversificada e inclui fotografia, instalação, escultura, arquitectura, arte pública e performance. Depois de se estrear em Portugal com uma exposição na Cordoaria Nacional, em Lisboa, é a vez de o Porto poder descobrir a sua arte. No dia 23 de Julho, Ai Weiwei vai trazer uma exposição a Serralves, concebida especificamente para o Parque e a sala central do Museu. As obras em exposição no Museu podem ser vistas até 5 de Fevereiro de 2022. No Parque, a peça Pequi Tree (Pequi vinagreiro) ficará até 9 de Julho do próximo ano. 

Mark Bradford

  • Pintura

"Ágora" é a primeira exposição em Portugal de Mark Bradford, considerado uma das 100 personalidades mais influentes do mundo em 2021 pela revista Time. No Museu de Serralves, o artista californiano dará a conhecer uma nova série de pinturas, tapeçarias e trabalhos sobre papel que procuram entender a época medieval enquanto metáfora incisiva das tensões sociais e dos conflitos da contemporaneidade.

Modus Operandi - Obras da Colecção de Serralves

Esta exposição teve como ponto de partida uma leitura atenta da Colecção de Serralves desde o seu início, com o conjunto de obras adquiridas pela Secretaria de Estado da Cultura antes mesmo da criação da Fundação de Serralves e do Museu, até às incorporações mais recentes. Reúne uma selecção de obras que reflecte diversas abordagens experimentais e conceptuais, demonstrativas das atitudes, contextos e preocupações da produção artística desde a década de 1960 até aos nossos dias.

Publicidade
Também poderá gostar