A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Projecto Volta
©Projecto Volta

Dez meias para oferecer este Natal

São, obviamente, para meter no sapatinho. Aqui tem dez meias para oferecer este Natal.

Escrito por
Francisca Dias Real
Publicidade

Oferecer meias no Natal é uma tradição ancestral, uma tradição a que dantes muitos tentavam escapar, talvez porque as meias de outrora não gritavam estilo como as destas marcas portuguesas. Somos bons a fazer até roupa interior para os pés, veja-se. É um acessório cool para ter na gaveta e ser aquele factor “uau” quando arregaça a calça ou até mesmo quando deixa aquela dobrinha com o tornozelo vestido a dar o ar da sua graça. E dá para todos: para os arrumadinhos e para os arrojados, para os hipsters e para os extravagantes. Este Natal, meta umas meias no sapatinho. Vá por nós e pelas nossas sugestões, todas portuguesas. 

Recomendado: Tudo o que precisa de saber sobre tendências, moda e lojas no Porto

Dez meias para oferecer este Natal:

A Happy Socks lançou uma colecção de meias para cães, mas para os tutores não ficarem com inveja também tem opções para humanos. E podem sair todos à rua com meias iguais e tudo.

Preço: 9,95€

Estas meias temáticas são para os aficionados de corridas de carros. A Heel Tread inspira-se em alguns dos maiores ícones da história automóvel para poder pôr o pé no acelerador com outro estilo e este ano aumentou a colecção para incluir meias inspiradas em carros do cinema.

Preço: 10€
Publicidade

A WestMister gaba-se de vender "The Finest Portuguese Socks". Para a marca, uma peúga de um gentleman é clássica, sem ser vulgar, mas também pode ter padrões. Como estas Vespas.

Preço:12,50€

A Captain Socks inventou a primeira colecção do mundo de meias com um sistema de identificação de cores (oito no total) para daltónicos. Cada par tem um símbolo bordado numa etiqueta no interior das meias, fabricadas em algodão egípcio mercerizado. São inclusivas, mas destinadas a todos que gostem de andar com o pé bem aconchegadinho.

Preço: 14€

Publicidade

Em vez de arregaçar as mangas, arregace as calças. É que estas meias do Projecto Volta (e as outras 11 de diferentes sectores) valem o esforço e a caminhada de glória. Além disso, apoiam as áreas mais afectadas pela crise da pandemia – estas, na imagem, apoiam o sector têxtil e foram desenhadas por Lara Luís.

Preço: 12,50€

As meias da Sir Tile são uma colorida homenagem ao património dos tradicionais azulejos portugueses. São produzidas em Portugal, em fio fino 100% algodão de fibra longa, macio e resistente.

Preço: 20€

Publicidade

Não, não são meias com cheirinho. Só mesmo depois de usadas. As meias da Chulé estão divididas por várias colecções, como a Os Tugas, que inclui esta homenagem aos vinhos portugueses.

Preço: 10,95

É arte, pura arte. Tal como a banana colada à parede o foi (esperemos que tenha esta referência). A Kinda Socks faz a mais simples das meias parecer a última obra de arte contemporânea do pedaço.

Preço: 9,90€

Publicidade

Esta meia de algodão às riscas da Pedemeia é daquelas que não é o que parece. Assim que descalça o sapato, é uma meia que se revela, com cores garridas e para personalidades fortes. Perfeita para ser a meia do pé descalço. Um modelo disponível em várias cores.

Preço: 6,60€

Criar roupas que resistem às tendências é a premissa base da Lobo Apparel, uma marca que quer apostar em roupas com materiais duráveis e com uma estética intemporal. Além de t-shirts, malas e sapatos couro com sola de pneu e palma de couro, também há quatro modelos de meias feitas para durar.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade