A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Adolfo Luxúria Canibal e Marta Abreu

  • Música
Adolfo Luxúria Canibal
© DRAdolfo Luxúria Canibal
Publicidade

A Time Out diz

Adolfo Luxúria Canibal e Marta Abreu conhecem-se há muito tempo – Marta Abreu integrou os Mão Morta no tempo do 'Primavera de Destroços' (2001). Antes tinha sido baixista nas Voodoo Dolls (1994-1998) mas, tirando uma breve experiência com Cadeira Eléctrica (2013-2016), a música não fazia parte dos seus planos. Foi preciso uma pandemia para tudo isto mudar. Confinados, com todo o tempo do mundo, decidiram divertir-se e divertir os amigos com os poucos meios de que dispunham em casa: livros, um iPad e um velho piano eléctrico. Foi assim que começaram em Março de 2020, filmando com um telemóvel Adolfo Luxúria Canibal a ler poemas seus ou de poetas da sua eleição e Marta Abreu a criar ambientes sonoros para essas leituras. Acabaram por entrar em estúdio para gravar 'Goela Hiante', um disco de poesia negra e soturna, servida por uma música minimal, obsessiva e claustrofóbica.

Detalhes

Endereço
Publicidade
Também poderá gostar