Bernstein et al.

Música, Clássica e ópera
Baldur Brönnimann
©DR Baldur Brönnimann

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

A Orquestra Sinfónica do Porto, sob a direcção de Baldur Brönnimann (na foto) regressam à Casa da Música com um programa consagrado ao século
 XX, com foco em duas obras arrebatadoras: Amériques, a primeira que o francês Edgard Varèse compôs após se instalar nos EUA, e Sensemayá, do venezuelano Silvestre Revueltas. Há ainda espaço para a abertura de Candide de Bernstein, a Abertura Cubana de Gershwin, e Orion (estreia nacional) do canadiano Claude Vivier.

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

Também poderá gostar