A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Coliseu Porto

  • Música
  • Santa Catarina
Coliseu do Porto
© DRO edifício inaugurado em 1941 precisa de obras estimadas em 8,5 milhões de euros
Publicidade

A Time Out diz

Com portas abertas desde 1941, o Coliseu do Porto é mais do que uma sala de espectáculos. O edifício tem assinatura do arquitecto Cassiano Branco e representa um ícone modernista da cidade do Porto. É peça fundamental desde o princípio dos hábitos de entretenimento dos portuenses e por lá já passaram figuras como Beatriz Costa, Marcel Marceau, Hermínia Silva e Rudolf Nureyev. O valor estético ninguém lho nega e constitui uma referência nas artes e na própria traça da cidade, mantendo uma agenda preenchida e diversificada.

Detalhes

Endereço
Rua de Passos Manuel, 137
Porto
4000-385
Transporte
Metro Aliados, Bus 302.

Novidades

Quanto mais debates...

“Quanto Mais Debates…” é um ciclo de conversas lançado pelo Coliseu do Porto e pelo autor e ex-jornalista Marcos Cruz. Este ensaio de comunidade vai virar os debates ao contrário, privilegiando novas vozes, com destaque para aquelas que, por norma, estão arredadas do debate público. A próxima sessão acontece a 28 de Março, às 19.00, e terá como tema "O Medo". Seguem-se sessões a 11 de Abril ("A Beleza"), 26 de Abril ("A Família"), 9 de Maio ("A Saúde"), 23 de Maio ("A Educação") e 6 de Junho ("A Comunicação"). A entrada é livre, basta levantar os bilhetes na bilheteira do Coliseu a partir das 13.00 do próprio dia. As sessões são também transmitidas via Facebook.

Martinho da Vila

  • Brasileira

São 84 anos de vida e uns 53 de carreira (se tomarmos como referência o disco homónimo de estreia, lançado em 1969). Não há, portanto, datas redondas, mas a partir de determinada altura todos os dias merecem comemoração. E Martinho da Vila fá-lo com uma vitalidade impressionante. O cantor carioca regressa a Portugal para uma série de cinco concertos: dia 20 em Faro, no Teatro das Figuras; dia 26 no Coliseu do Porto; a 28 no Coliseu de Lisboa; a 29, no Altice Fórum Braga; e a 31 no Teatro Académico Gil Vicente, Coimbra. Na bagagem traz Juntos e Misturados, o seu 50.º álbum, e a acompanhá-lo a banda completa: Wanderson Martins no cavaco, Claudio Jorge no violão, Kiko Horta nos teclados, Ivan Machado no baixo, Paulinho Black na bateria, o neto Guido Ventapane na percussão e filha Analimar nas vozes.

Rui Veloso

Na sua digressão em formato trio de guitarras, Rui Veloso é acompanhado por Alexandre Mania e Eduardo Espinho. “Rui Veloso continua a manter-se como a grande referência do cancioneiro português e leva nesta digressão um vasto repertório. Esta vai ser uma oportunidade única para ver e ouvir Rui Veloso num formato único, em concerto intimista”, anuncia a promotora do evento. Os bilhetes já estão à venda nos locais habituais e custam entre 20€ e 50€.

Publicidade
Também poderá gostar