JP Coimbra

Música
JP Coimbra
© DR JP Coimbra

A Time Out diz

Estávamos habituados a ouvir João Pedro Coimbra como compositor e letrista dos rebuçados pop dos Mesa, a colaborar com bandas como os Três Tristes Tigres, os Coldfinger e os Bandemónio de Pedro Abrunhosa, ou em projectos para teatro, cinema e publicidade. Mas nunca o ouvimos assim. Em VIBRA, o primeiro álbum em nome próprio, explorou a identidade musical de alguns lugares do Porto, com gravações em sítios como os corredores da Casa da Música, a estação de metro do Marquês ou a Fundação Serralves. Estes espaços foram tratados como instrumentos musicais, contribuindo com a sua volumetria para a composição, onde entra um piano, um quarteto de cordas e um grupo coral, entre a música erudita e electrónica. O disco vai ser apresentado no dia 12 de Setembro, no Terreiro da Casa do Roseiral, para encerrar a edição deste ano da Feira do Livro. A entrada é gratuita, mas carece de levantamento obrigatório de bilhete (dois por pessoa, no máximo) uma hora e meia antes da sua realização, no local de apresentação, até à lotação limitada do espaço.

Detalhes

Também poderá gostar