Khatia Buniatishvili

Música, Clássica e ópera
Khatia Buniatishvili
©Julia Wesely Khatia Buniatishvili

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

A Geórgia possui apenas
 3,7 milhões de habitantes,
 mas parece ter condições propícias à geração de grandes pianistas, como é o caso de
 Eliso Virsaladze, Aleksandr Toradze e Elisabeth Leonskaja.
 A renovação geracional parece estar assegurada com Khatia Buniatishvili, que se estreou 
em público com a Orquestra de Câmara de Tbilisi com apenas seis anos e estudou em Viena com Oleg Maisenberg.

Desde 2010 que Buniatishvili (que não deverá ser confundida com outra jovem revelação georgiana, a violinista Lisa Batiashvili) grava em exclusivo para a Sony Classical e já rubricou álbuns dedicados a Liszt (obras para piano solo), Chopin (Concerto n.º 2 e obras para piano solo), Rachmaninov (Concertos n.º 2 e 3) e Schubert (Sonata D.960 e Impromptus D.899), este último surgido em 2019. Além destes discos centrados num único compositor, lançou ainda Kaleidoscope (com Mussorgsky, Ravel e Stravinsky) e Motherland (consagrado aos compositores e tradições da sua Geórgia natal).

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

Também poderá gostar