Pierre-Laurent Aimard

Música, Clássica e ópera
Pierre-Laurent Aimard
©DR Pierre-Laurent Aimard

A Time Out diz

Pierre-Laurent Aimard traz-nos um dos seus compositores de eleição: Olivier Messiaen (1908-1992), que se notabilizou pelo recurso ao canto das aves como fonte de inspiração e pela atenção que deu à componente cromática das suas obras. Messiaen tinha um raro dom sinestésico que associava notas e acordes a cores, e compunha para que a obra não só soasse bem como tivesse o feito cromático desejado – que, claro, só ele era capaz de apreciar. Nesta ocasião, ouvir-se-á Couleurs de la Cité Céleste, em que Aimard terá a parceria da Orquestra Sinfónica do Porto, com direcção de Baldur Brönnimann, e que interpretará também Central Park in the Dark, de Charles Ives, e City Noir, de John Adams – este é mais um dos concertos da Orquestra Sinfónica em Março que tem a cidade como tema.

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

A vossa opinião

LiveReviews|0
1 person listening
Também poderá gostar
    Últimas notícias