A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Zouri shoes sapatilhas
Fotografias de Ana MendesA nova colecção da Zouri é feita em pele de maçã

As novas sapatilhas da Zouri são feitas em pele de maçã

O fruto proibido é o mais apetecido para a marca portuguesa Zouri, que aproveitou os desperdícios da maçã para criar uma nova colecção vegan e sustentável.

Por Ana Patrícia Silva
Publicidade

Amiga dos animais e do ambiente, a Zouri é uma marca de calçado vegan, sustentável e de produção 100% nacional. As solas são feitas com plástico recolhido das praias portuguesas, que é incrustado em borracha natural. Os restantes materiais são sustentáveis e com certificados de comércio justo, como algodão orgânico, linho, cânhamo e piñatex, uma alternativa ao couro obtida da fibra das folhas do ananás. Mas agora há uma novidade: pele de maçã.

Como é criada esta pele de maçã? "É feita com o desperdício, a casca da maçã", diz-nos Adriana Mano, a fundadora da marca bracarense. "É um material completamente vegan e sustentável pelo facto de usar desperdício de maçã misturado com uma resina que lhe confere durabilidade e resistência à água", explica. São, por isso, "ideais para o Inverno".

Sapatilhas de cano alto em bordeaux (112€)
© ZouriSapatilhas de cano alto em bordeaux (112€)

Esta pele vegan e sustentável é produzida através das fibras derivadas de resíduos do processamento industrial de maçãs. Em vez de serem desperdiçados e acabarem no lixo, são recolhidos e transformados numa nova matéria-prima. O uso deste material permite reduzir os custos de gestão de resíduos e os danos ao meio ambiente, contribuindo também para diminuir as emissões e o consumo de energia em toda a cadeia produtiva. 

Sapatilhas de cano baixo em azul escuro (99€)
© ZouriSapatilhas de cano baixo em azul escuro (99€)

As sapatilhas são produzidas em Guimarães. Têm forro em algodão orgânico e uma palmilha removível e anatómica, para um conforto superior, feita com 43% material reciclado. Estão disponíveis online em dois modelos (cano alto ou cano baixo) e em três cores (vermelho escuro, azul escuro ou preto), com preços entre 99€ e 112€ e tamanhos entre o 35 e o 46.

Sapatilhas de cano alto em preto (112€)
© ZouriSapatilhas de cano alto em preto (112€)

A sola é composta por borracha natural e plástico recolhido das praias portuguesas, em conjunto com organizações como a Brigada do Mar e FOCA, escolas, voluntários e a Câmara Municipal de Esposende. Em três anos, já recolheram e reutilizaram quatro toneladas de plástico – cada par de calçado reutiliza o equivalente a seis garrafas de plástico resgatadas da costa portuguesa.

As solas são feitas com plástico recolhido das praias portuguesas
© ZouriAs solas são feitas com plástico recolhido das praias portuguesas

A Zouri nasceu de um sonho de limpar os oceanos e reutilizar o lixo plástico marinho na produção de calçado vegan e sustentável. A produção é 100% nacional e todos os materiais são seleccionados criteriosamente, sendo orgânicos ou reciclados, e sem nunca esquecer as certificações de comércio justo.

A colecção da Zouri está disponível online e em dois espaços físicos – no Porto, na nova loja Brands for Good no Centro Comercial Bombarda, e em Braga, no número 4 da rua de São Gonçalo.

+ Zouri, a marca de calçado que quer mudar o mundo

Leia aqui a edição online e gratuita da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade