A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Bread&Go
© Bread&GoPães de beterraba, curcuma, espinafres e brócolos, e lentilhas

Bread&Go: há novos pães sem glúten no Porto

A Bread&Go nasceu com a pãodemia, mas veio para ficar. São pães com sabor e saúde, em variedades como beterraba, grão-de-bico, lentilhas, trigo-sarraceno e alfarroba.

Por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

Quando a pandemia nos fechou entre quatro paredes, descobrimos a arte de fazer pão com as nossas próprias mãos. A experiência não correu bem a toda a gente, mas Margarida Cardoso foi um caso de sucesso. Estudou e começou a fazer pão à sua maneira, acabando por transformar essas primeiras experiências num negócio que chega agora a casa das pessoas.

Os pães da Bread&Go são "nutricionalmente ricos e de digestão fácil" – saudáveis, mas saborosos. São feitos com farinhas sem glúten e maioritariamente biológicas. Há variedades como beterraba e noz, grão-de-bico, lentilhas, trigo-sarraceno e alfarroba, entre outras, em tamanho grande (1kg) ou pequeno (55g). Para encomendar, basta enviar mensagem privada através do Instagram. Os pedidos devem ser feitos com 72 horas de antecedência e as entregas abrangem o Porto, Matosinhos, Maia, Vila Nova de Gaia e Vila do Conde.

Bread&Go
© Bread&Go

A magia nasce nas mãos de Margarida Cardoso, de 26 anos, que hoje é "uma padeira cheia de orgulho". A Bread&Go era um sonho que se concretizou "por impulso da necessidade". Até Março de 2020, Margarida trabalhava na área da restauração, mas a pandemia mudou a vida de toda a gente.

"Acredito que as grandes ideias surgem de necessidades reais e, por isso, recusei ver o meu talento confinado – decidi explorar", diz-nos Margarida. "Sempre gostei de estar na cozinha. Cozinhar é uma arte criativa, de mindfulness e o primeiro passo para receber amigos e família em casa. Quebrar o confinamento por causa de umas torradas pareceu-me manifestamente desnecessário. Foi então que decidi meter mãos à obra", conta.

Bread&Go
© Bread&Go

Enquanto lia as receitas mais tradicionais de pão, apercebeu-se de que, com toda a informação nutricional que temos hoje, podia adaptá-las a "um estilo de vida mais saudável". Começou a fazer pão em casa em tom de brincadeira, o namorado provou e aprovou, e, "sem grande noção do que estava para vir", resolveu partilhar nas redes sociais o feito desse dia. "Mais uma banalidade", pensava ela. Mas acabaria por mudar a sua vida. Começou a ser desafiada a transformar este hobby numa profissão, e "porque não?" – até porque não se revia "num dia-a-dia sem compromissos profissionais".

Para fazer o pão, usa uma grande variedade de farinhas – 90% são biológicas e não refinadas. Usa, por exemplo, farinha de arroz integral ou outras com um teor de proteína mais elevado, como farinha de lentilhas, de grão-de-bico ou de tremoço. Há outros segredos para a qualidade do seu pão, como a curcuma em pó e sobretudo o psyllium, um super-alimento e uma fibra natural, retirada da casca da semente da erva Plantago Ovata, que tem "inúmeros benefícios". 

"O bem-estar aliado à saúde foi uma proposta a que sempre gostei de dar resposta, por isso fiz um enorme trabalho de investigação: análise do perfil nutricional dos produtos, pesquisa de farinhas alternativas às tradicionais e estudo do impacto do glúten no nosso organismo", explica. "O meu pão não é só para quem faz dieta ou tem restrições especiais (intolerância ao glúten, por exemplo), é para quem gosta de sabor mas não abdica da sua saúde."

Bread&Go
© Bread&Go

As entregas são feitas no Porto, Matosinhos, Maia, Vila Nova de Gaia e Vila do Conde. As encomendas devem ser pedidas via Instagram com 72 horas de antecedência: instagram.com/bread_and_go

+ Leia aqui a edição gratuita da Time Out Portugal desta semana

Subscreva a nossa newsletter para receber as novidades e o melhor da sua cidade

Últimas notícias

    Publicidade