A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
cinema
Fotografia: Felix Mooneeram/ Unsplashcinema

Cinemundo vai distribuir filmes da Warner Bros. nos cinemas nacionais

‘Space Jam 2’, ‘O Esquadrão Suicida’ ou o quarto ‘Matrix’ são alguns dos filmes que já têm data de estreia nas salas portuguesas e que constam no catálogo da Warner Bros.

Por
Sebastião Almeida
Publicidade

Depois de praticamente 15 meses afastados das salas de cinema e nos quais a aposta crescente no streaming captou a atenção do público, eis que começam a surgir novidades. A distribuidora nacional Cinemundo anunciou na passada quarta-feira que passa a ser a responsável pela distribuição nos cinemas do catálogo de filmes da Warner Bros. em Portugal e nos países africanos de língua oficial portuguesa. Alguns dos títulos mais aguardados, como Space Jam 2 (15 de Julho), O Esquadrão Suicida (5 de Agosto) ou o quarto filme da série Matrix (16 de Dezembro) já têm data de estreia marcada nas salas nacionais.

Presente em Portugal desde 2014, a Cinemundo é também desde Março de 2020 a detentora dos direitos de distribuição em Portugal do catálogo da Universal Pictures – a pandemia, contudo, contribuiu para que muitas estreias fossem adiadas. É o caso do filme de animação Spirit Invencível, que estará em exibição a partir de 3 de Junho, de Velocidade Furiosa 9, que chega finalmente às salas a 24 de Junho, ou de Os Croods – Uma nova era, que se estreia a 1 de Julho. Downton Abbey 2, que sucede ao filme homónimo de 2019, será lançado a 23 de Dezembro e é outro dos filmes que consta no catálogo da Universal.

A NOS Audiovisuais, antiga Zon Lusomundo, que distribuía os filmes da Warner Bros. desde 2014, perdeu também no ano passado os direitos de distribuição da Universal Pictures para a Cinemundo.

Em 2020, a NOS, líder de mercado na distribuição cinematográfica, teve uma receita bruta de bilheteira de cerca de 10,4 milhões de euros e registou 1,9 milhões de espectadores nas salas de cinema. Uma diminuição de receita de 48,6 milhões de euros e de menos 9 milhões espectadores  em relação a 2019, ano de pré-pandemia. Com a combinação dos catálogos da Universal Pictures e da Warner Bros., a Cinemundo aspira a tornar-se líder no mercado nacional de distribuição cinematográfica.

Descubra a edição desta semana, digital e gratuita, da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade