Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Citrinos, caça e sabores fortes na nova carta do Almeja
Notícias / Comida

Citrinos, caça e sabores fortes na nova carta do Almeja

Almeja
© Cláudia Paiva

Foi no final de Novembro que o chef João Cura e a mulher, Sofia Amaral Gomes, abriram as portas do Almeja, em plena Baixa. Com menos de dois meses de vida, já alteraram grande parte do menu, sempre inspirado no receituário e em produtos portugueses. "A carta segue a mesma linha mas foi adaptada à época, o Inverno", explica João.

Nas entradas, a tosta que era servida com pés de porco e presunto, vem agora para a mesa com cabeça de xara, um patê de porco, maçã verde, maionese de alho negro e uma redução de vinagre balsâmico. Mas também há adaptações nos pratos principais, como o arroz cremoso do Mondego que leva agora bivalves, lula e plâncton; e o cabrito, que é servido com alperce seco e alho confitado e caramelizado.

 

Arroz cremoso do Mondego
© Cláudia Paiva

 

Os snacks do menu de degustação — croquete de carnes, rolo de bacalhau ("é a nossa interpretação do Bacalhau à Brás"), e madalena de linguiça com gel de maçã verde — são totalmente novos, assim como a mini-horta de Inverno, uma entrada com uma selecção de vegetais, uma emulsão de ervas e um crocante de beterraba desidratada e pistáchio. Se está curioso para provar mais novidades, peça as gyosas de santola, com algas frescas, citrinos e gengibre; o peixe de pesca à linha com molho de vaca, gel de limão e couve portuguesa; a barriguinha de porco com batata e laranja; e a lebre com crocante de arroz de miúdos desidratado.

 

Peixe de pesca à linha
© Cláudia Paiva

 

 

 

Termine com a pré-sobremesa à base de clementina, mais fresca, e com o banoffee, servido com "gelado de chocolate branco caramelizado, puré de banana e um crumble de amendoim". Sim, é um atentado a qualquer dieta.

 

Clementina
© Cláudia Paiva

 

 

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments