Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Estudo alerta para má qualidade do ar nas casas do Porto
ribeira
© Deensel / Wikipédia

Estudo alerta para má qualidade do ar nas casas do Porto

Publicidade

Um estudo de uma equipa de investigadores do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) detectou níveis elevados de matéria particulada – um dos poluentes do ar mais graves em termos de saúde pública – no interior de várias casas do Porto.

Os investigadores avaliaram os níveis de matéria particulada no interior de 65 habitações da Área Metropolitana do Porto e concluíram que a grande maioria apresentava uma deficiente qualidade do ar. A emissão destas partículas está ligada às actividades dos ocupantes, como a confecção de alimentos, o uso de aromatizadores (como velas) e o fumo do tabaco, mas também à proximidade a instalações industriais e circulação automóvel, refere o portal da Universidade do Porto.

O estudo, publicado na revista Environmental Pollution, avaliou os níveis de partículas ultrafinas, PM2.5 e PM10, no ar interior e na envolvente exterior das habitações, nos anos de 2018 e 2019, identificando as características dos edifícios e as principais fontes de poluição. Os investigadores constataram que a maioria das residências apresentava valores médios superiores aos recomendados pela OMS e pela legislação portuguesa, o que é um indicador de risco para a saúde dos ocupantes.

Esta investigação demonstra que "a poluição do ar interior continua a ter repercussões graves, sendo as partículas, sobretudo as de menor dimensão, os poluentes que suscitam maior preocupação do ponto de vista da saúde. É, por isso, necessário evitar, prevenir e reduzir as fontes de emissão de partículas, minimizando a exposição a matéria particulada", refere Joana Madureira, uma das autoras do estudo.

Leia aqui a nova edição digital e gratuita da Time Out Portugal

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a newsletter e receba as notícias no email.

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade