A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
IN UTERO
© Vítor FerreiraIN UTERO

Gaia recebe festival internacional de dança contemporânea

O festival transfronteiriço Regards Croisés instala-se no Armazém22 e no Auditório Municipal de Gaia entre os dias 12 e 14 de Novembro.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

De 12 a 14 de Novembro, o festival Regards Croisés apresenta em Vila Nova de Gaia espectáculos de dança contemporânea e workshops para bailarinos e público em geral. Trata-se de um projecto de cooperação coreográfica para a difusão da dança contemporânea e a promoção de encontros entre o público, artistas e estruturas educativas, segundo a prática de três criadores de realidades geográficas distintas (Portugal, Espanha, França) e com diferentes visões artísticas e culturais. 

A abrir, a 12 de Novembro, no Armazém22, a Kale Companhia de Dança propõe duas criações francesas: Eldfell, da companhia KOPFKINO, inspirada numa viagem do autor e bailarino Benjamin Coyle ao vulcão homónimo da ilha islandesa Vestmannaeyjar, e Au delà, vu d’ici, da companhia La Cavale, que explora a relação estreita entre o corpo, o som, o indivíduo e o colectivo, colocando em cena Julie Coutand e Thomas Sillard.

'MAR' da companhia Amaia Elizarán
© DR'MAR' da companhia Amaia Elizarán

A 13 de Novembro, segue-se a companhia basca Amaia Elizarán, que traz MAR, com Amaia Elizaran, Leire Otamendi e Xabier Zeberio na interpretação e Xabier Zeberio a tocar nyckelharpa/violino. O encerramento, no dia 14, faz-se com criadores portugueses. Janela Portugal é um showcase de jovens criadores, que em 2021 dará lugar à coreógrafa Sara Garcia, com a estreia de Schuld. O espectáculo vinte e um, criado pela Kale Companhia de Dança em formato triplo durante 2019/2020, celebra a partilha da visão coreográfica de André Mesquita (Portugal), Hélder Seabra (Portugal) e Christine Hassid (França). Terá lugar também o sneak preview de Colombina de Daniela Cruz, para a nova criação TRIPLO, em estreia a 18 Março na Casa das Artes de Famalicão.

Para além destes espectáculos no Auditório Municipal de Gaia e Armazém22, com preço único a 5€, o festival propõe dois ensaios abertos com entrada gratuita, dia 12 e 13 de Novembro, e três workshops de dança, nas manhãs de dia 12 a 14 Novembro, destinados a bailarinos profissionais, pré-profissionais e público em geral, com inscrição limitada à apresentação de bilhete.

O festival é organizado pela Kale Companhia de Dança, com o apoio da Câmara Municipal de Gaia, Companhia Malandain | Ballet Biarritz e Fundición Bilbao (Bilbao-Espanha).

Armazém22 e Auditório Municipal de Gaia. 12-14 Novembro. 5€

+ Time Out Love Local Awards: escolha os seus locais preferidos no Porto

Leia aqui a edição digital e gratuita da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade