A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Laboratório Ferreira da Silva
© MHNC-UPLaboratório Ferreira da Silva

Há um laboratório histórico para visitar no Porto

O Museu de História Natural e da Ciência do Porto devolve agora à cidade um espaço emblemático na história da química em Portugal. A entrada é gratuita.

Por Ana Patrícia Silva
Publicidade

A partir de 6 de Abril, vai poder fazer uma viagem no tempo aos primórdios da Ciência moderna em Portugal. A história do renovado Laboratório Ferreira da Silva remonta a finais do século XIX (1882). É um espaço emblemático na prática e no ensino da Química em Portugal, que a Universidade do Porto se prepara para revelar ao público no Pólo Central (Reitoria) do seu Museu de História Natural e da Ciência (MHNC-UP), com entrada livre.

Foi aqui que muitas gerações de estudantes aprenderam com António Ferreira da Silva, antigo professor e director da Faculdade de Ciências (FCUP), considerado o “pai” da Toxicologia Forense em Portugal, refere o portal da Universidade do Porto. Ferreira da Silva implementou métodos inovadores nas áreas da química dos alimentos e da química forense. Um dos casos mais célebres foi o “Crime da Rua das Flores “, que levou ao julgamento e condenação, em 1893, de Urbino de Freitas, clínico portuense acusado do envenenamento de um sobrinho de sua mulher.

Laboratório Ferreira da Silva
© MHNC-UPLaboratório Ferreira da Silva

No total, vão estar em exposição cerca de 80 objectos, nomeadamente instrumentos científicos, frascos com produtos químicos, amostras minerais, utensílios de laboratório, livros e mobiliário. Será possível ver a caixa de alcalóides usada por Ferreira da Silva para a investigação de casos como o de Urbino de Freitas, a balança analítica de precisão e o imponente alambique, utilizado para obter água destilada.

O Laboratório Ferreira da Silva pode ser visitado no Edifício Histórico da U.Porto, com entrada pela fachada sul (Cordoaria), de terça a sexta-feira, das 10.00 às 13.00 e das 14.00 às 18.00 (última entrada às 17.30). Aos sábados, domingos e feriados, o horário será das 10.00 às 13.00. A entrada é livre, limitada a dez pessoas de cada vez. Se preferir, pode visitar o laboratório sem sair de casa, através de uma visita virtual imersiva.

A inauguração do Laboratório Ferreira da Silva permitirá igualmente lançar um roteiro patrimonial para descobrir "a história da Química ao longo de 300 anos, em apenas 300 quilómetros" – a viagem começa na Universidade de Coimbra (último quartel do século XVIII), passa pela Universidade de Lisboa (finais do século XIX) e termina na Universidade do Porto (início do século XX).

+ Museu do Holocausto do Porto abre a 5 de Abril

+ Há um novo parque botânico no Porto

Descubra a edição desta semana, digital e gratuita, da Time Out Portugal

Continua apaixonado pelo Porto? Participe no Time Out Index e conte-nos o que sente pela sua cidade

Últimas notícias

    Publicidade