A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Máscaras / Masks
© Pixabay

Museu de História Natural e da Ciência do Porto está a criar colecção sobre a pandemia

As máscaras que foram feitas em casa, as viseiras, as zaragatoas – o museu está a recolher materiais para contar "A História da Covid-19" às próximas gerações.

Por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

Estamos há um ano a viver um dos acontecimentos mais marcantes da história da era contemporânea. E que precisa de ser devidamente documentado, para que a história da Covid-19 seja contada às gerações futuras. Para isso, o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP) está a recolher, contextualizar e catalogar os variados materiais e projectos relacionados com a pandemia.

Máscaras caseiras, máscaras que permitam a comunicação entre a comunidade surda, ventiladores, viseiras criadas em impressoras 3D, vacinas, os processos de investigação e respectivos resultados, as empresas que adaptaram a sua produção, as soluções médicas e tecnológicas, os materiais de comunicação. Tudo isso será importante para preservar a memória destes tempos.

“É importante guardar esta memória, registando desde as máscaras sociais que foram feitas em casa até à empresa de cotonetes que alterou a sua produção para zaragatoas em tempo recorde e em articulação com a academia, ou o centro de investigação que desenvolveu os testes rápidos”, disse Rita Gaspar, curadora das colecções de Arqueologia, Etnografia e Antropologia biológica do MHNC-UP, citada no portal de notícias da Universidade do Porto.

O repositório está e vai continuar a ser construído, do modo mais completo e diversificado possível. O passo seguinte será trabalhar a divulgação deste acervo, através de exposições e outros eventos, disponibilizando-o para a realização de estudos e trabalhos de investigação.

+ Quatro projectos que mostram o contágio da criatividade

+ Leia aqui a edição gratuita da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade