Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right No Porto faz-se FEEdBACk para poupar energia
Notícias / Vida urbana

No Porto faz-se FEEdBACk para poupar energia

phones
Fotografia: Shutterstock

Se é daquelas pessoas que por esquecimento, pressa ou preguiça não faz conta à energia que gasta e quando chega a factura no final de mês fica de cabelos no ar, o investigador portuense Filipe Joel Soares apresenta FEEdBACk, um projecto que o poderá ajudar.

O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computador, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), no Porto, lidera um programa europeu que conta com investigadores de sete países distintos e que servirá para “motivar uma utilização mais eficiente da energia, através de mensagens personalizadas e de competição entre pares”, contou o responsável pelo projecto à Lusa.

Numa primeira fase, o aplicativo faz uma recolha de dados dos utilizadores relativos aos hábitos diários de forma a criar um padrão comportamental. Dados que, depois, servirão para definir estratégias adequadas à necessidade de cada utilizador.

A grande novidade neste projecto, segundo Filipe Joel Soares, é a possibilidade de previsão das acções dos utilizadores, acrescentando que “as mensagens só fazem sentido se os utilizadores as receberem na hora exacta em que vão fazer algo, indicando-lhes que o podem fazer de uma maneira mais eficiente”.

O FEEdBACk é financiado pela Comissão Europeia (num orçamento que ronda os 2,3 milhões de euros) e terá como zonas de teste o edifício INESC TEC (Porto), vários edifícios no município de El Prat (Barcelona) e uma zona residencial em Lippe (Alemanha).

Este programa teve início em Novembro de 2017 e prolongar-se-á por três anos.

+ Estes azulejos não são o que parecem, mas têm muita energia

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments