A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Jardins do Palácio de Cristal
Fotografia de Vítor OliveiraJardins do Palácio de Cristal

Porto encerra parques verdes murados e parques infantis

A partir desta quarta-feira, todos os parques municipais murados e parques infantis do Porto ficarão encerrados, assim como os cemitérios. Serão também colocadas barreiras de mitigação em jardins, praças, avenidas atlânticas e ribeirinhas.

Por Ana Patrícia Silva
Publicidade

A Câmara do Porto determinou um conjunto de medidas para "mitigar a aglomeração de pessoas em espaços públicos", anuncia o portal municipal. Já a partir desta quarta-feira, dia 20 de Janeiro, todos os parques municipais murados e parques infantis ficarão encerrados, assim como os cemitérios, que poderão abrir apenas para a realização de cerimónias fúnebres.

A Protecção Civil Municipal fechou os portões de todos os espaços verdes murados da cidade, nomeadamente o Jardim das Virtudes, o Jardim de São Lázaro (Jardim Marques de Oliveira), o Jardim de São Roque, o Jardim do Covelo, a Quinta de Bonjóia, os Jardins do Palácio de Cristal e o Parque da Pasteleira. Nos parques infantis, serão colocados painéis de interdição e vedação com fita.

Nos jardins e praças, a autarquia vai colocar barreiras de mitigação, com "painéis de sensibilização que elucidem os cidadãos de que não é permitida a sua permanência no interior". Nos dois grandes parques urbanos (Parque da Cidade e Parque Oriental) e nos passeios com mais movimento, como as avenidas atlânticas e ribeirinhas, serão de igual modo instaladas barreiras de mitigação.

O mobiliário urbano presente nessas zonas, como bancos de jardim, contará com fitas a indicar a proibição do assento. As casas de banho municipais serão também desactivadas. Nas ruas, os carros da Polícia Municipal voltarão a difundir as mensagens “Fique em casa” e “Previna o contágio”.

Em Matosinhos, a Câmara Municipal decidiu encerrar as marginais da cidade e também interditar todos os equipamentos em espaço público, como bancos de jardim.

+ Confinamento: mais fiscalização e novas medidas restritivas

+ Leia aqui a edição gratuita da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade