A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Os bastidores do Portugal Fashion
©Cláudia PaivaOs bastidores do Portugal Fashion

Portugal Fashion SS23: a moda sai à rua em 40 desfiles espalhados pela cidade

A 51.ª edição terá uma duração de cinco dias – de 11 a 15 de Outubro – e ocupará locais como o Mercado do Bolhão, o Museu Soares dos Reis, o Silo Auto ou o Palácio da Bolsa

Escrito por
Mariana Morais Pinheiro
Publicidade

O Portugal Fashion arranca hoje e, além de uma série de novidades, traz uma certa incerteza quanto ao futuro: a próxima edição poderá não acontecer por falta de financiamento. Ainda assim, esta 51.ª edição vem robusta e terá uma duração de cinco dias – de 11 a 15 de Outubro –, onde apresentará 40 desfiles em vários locais emblemáticos do Porto, como o Mercado do Bolhão, o Museu de História Natural e Ciência da Universidade do Porto, o Museu Soares dos Reis, o Silo Auto ou o Palácio da Bolsa. O objectivo? Democratizar o evento, mas não só.

“Com este novo modelo, o Portugal Fashion pretende evidenciar todo o potencial criativo e de negócio da moda portuguesa, conectando-a com uma cidade de criatividade, inovação, negócio e empreendedorismo, com uma forte retaguarda industrial e comercial”, afirmou Mónica Neto, directora do Portugal Fashion, em declarações à Lusa, acrescentando que para o efeito contam com dez espaços diferentes. Desta forma, será possível “fragmentar o calendário”, desenvolver acções durante todo o dia, bem como causar “mais impacto na cidade”.

O primeiro dia é dedicado à abertura oficial e os desfiles, que marcarão as tendências para as próximas estações quentes, começam já amanhã, dia 12, no Museu de História Natural e Ciência da Universidade do Porto. A designer Carolina Sobral faz as honras (11.30), seguida pela marca Meiling Inc Limites (12.30). Às 14.00, o Mosteiro de São Bento da Vitória recebe alguns desfiles do Bloom, a plataforma do Portugal Fashion dedicada a apresentar jovens promessas de designers portugueses e as suas criações. 

Katty Xiomara mostra também a sua colecção Primavera-Verão 2023, pelas 15.00, no Museu Natural de História e Ciência da Universidade do Porto, e Maria Gambina usa o Passeio dos Clérigos, às 17.00, para mostrar o que tem andado a preparar. Neste primeiro dia de desfiles, conte também com a apresentação da colecção da marca Agatha Ruiz de La Prada, às 22.00, entre outros.

Dedicado ao sector do calçado, no segundo dia vão desfilar a partir das 21.30, na Alfândega do Porto, várias marcas portuguesas, habitués destas andanças, como a Fly London, a Ambitious, a Felmini, a Nobrand ou a Rufel. A manhã fica para os jovens Bloomers que apresentarão as suas criações na Escola Superior Artística do Porto: Diogo Van Der Sandt às 10.30, Quente Gentleman by Canis às 11.30 e Achor às 12.30. O dia 13 termina com o desfile de David Tlale Pwd by CANEX (22.30), de volta à Alfândega.

O Palácio da Bolsa e o Silo Auto servem de cenário para o dia 14. No primeiro, Susana Bettencourt (12.30), Pé de Chumbo (17.00), Decenio X Gonçalo Peixoto (21.00) e Luís Onofre (22.30) são os grandes destaques. Já a dupla Marques'Almeida, ocupa o Silo Auto às 19.00, para exibir mais uma das suas inspiradas colecções. No dia 15, há Estelita Mendonça (10.00), Pedro Pedro (11.00) e Hugo Costa (12.00) para ver na Oficina do Ferro; e Alexandra Moura (14.30) e Miguel Vieira (15.30) no Mercado do Bolhão. 

A edição do Portugal Fashion SS23 (que terá algumas algumas estratégias diferenciadas, como será o caso de Maria Gambina que vai apresentar a colecção para este Outono/Inverno, permitindo ao consumidor adquirir as peças de uma forma mais imediata) termina no Museu Soares dos Reis numa tarde onde Diogo Miranda se apresenta às 17.00, David Catalán às 20.30 e a dupla Alves/Gonçalves encerra o evento às 22.00.

+ Leia grátis a edição digital da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade