Adega São Nicolau

Restaurantes, Português Ribeira
4 /5 estrelas
Adega São Nicolau
1/3
Adega São Nicolau
Adega de São Nicolau
2/3
Peixe sempre fresco
Adega de São Nicolau
3/3
Uma bela garrafeira

Nunca voltes ao lugar onde já foste feliz. Não concordo com “As Regras da Sensatez” cantadas por Rui Veloso, sempre achei a letra da canção muito deprimente, mas confesso que quase tive de dar a mão à palmatória neste caso.

A Adega São Nicolau é um daqueles lugares que fazem as pessoas felizes por antecipação. Como, por exemplo, quando a menina que atende o telefone aceita uma reserva para duas pessoas ao almoço. Assim 
que desligamos a chamada,
 o corpo transforma-se num autómato, deixa de conseguir pensar no trabalho, e foca-se nos bons bolinhos de bacalhau, estaladiços, quentes, quase a queimar a língua, cheios deste peixe, que antecedem a refeição.

A comida estava boa como sempre. Mas fria e desfasada nunca sabe tão bem. E é com alguma tristeza que tenho notado que o serviço de sala em Portugal se tem degradado de forma generalizada. É uma arte em declínio, e nós com tantas boas escolas de hotelaria...

Mas esta crítica tem uma razão. Eu e a minha amiga, pedimos uma dose de arroz de pato, outra de filetes de polvo com arroz do mesmo. O arroz de pato dela chegou primeiro. Quando não chega tudo ao mesmo tempo, está o caldo entornado. Lembro-me sempre do episódio em que num almoço em Fátima, com os meus pais e a minha irmã, eles, que pediram todos o mesmo prato, acabaram de comer ainda antes de o meu ter chegado à mesa. Acabei a trincar uma sandes no carro porque estavam com pressa de ir embora.

Numa dose generosa, o 
arroz de pato estava sequinho 
e saboroso, e cheio de grandes pedaços de carne e de presunto. Ela estava feliz, eu desconsolada. Entretanto vem o arroz de polvo, mas sem os filetes. Perguntei à menina que nos atendia se tinha acontecido alguma coisa na cozinha. Respondeu-me como se eu não tivesse nada a ver com o assunto e, cinco minutos depois, pousa-me os filetes à frente sem um pedido de desculpa, sem uma delicadeza de qualquer espécie. Estavam, claro, tenros por dentro e crocantes por fora, bem temperados com limão e coentros, quentinhos, acabados de sair da fritadeira, como sempre os conheci. Pena o arroz estar tão frio.

Mas, hei, Adega, não estamos a acabar este namoro. Isto
 foi só um queixume de um apaixonado, que ficou à espera pendurado.

*As críticas da Time Out dizem respeito a uma ou mais visitas feitas pelos críticos da revista, de forma anónima, à data de publicação em papel. Não nos responsabilizamos nem actualizamos informações relativas a alterações de chef, carta ou espaço. Foi assim que aconteceu.

Por Dulce Dantas Marinho

Publicado:

Nome do local Adega São Nicolau
Contato
Endereço Rua de São Nicolau, 1
Porto
4050-561
Horário Seg-Sáb 12.00-15.00/19.00-23.00
Preço Até 30€
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location
LiveReviews|0
2 people listening