0 Gostar
Guardar

Estes hotéis acabaram de abrir: já os conhece?

Centro, Sul e Ilhas... já conhece estes novos hotéis? Nunca é demasiado cedo para começar a planear as próximas férias

© Goncalo M. Catarino

Nas últimas semanas abriram-se portas de hotéis como garrafas de champanhe em noite de passagem de ano. E não se ficaram pelas grandes cidades. Encontrámos um novo boutique hotel em Coimbra, um turismo rural em Faro, outros dois em Estremoz e Arouca e, para rematar, um complexo de glamping no Faial, Açores.

Dê uma vista de olhos nestes novos hotéis e comece já a sonhar e a planear as próximas férias.

Estes hotéis acabaram de abrir: já os conhece?

Sapientia Boutique Hotel

O primeiro hotel no centro histórico de Coimbra demorou três anos a abrir portas. André Sardet, cantor, e José Manuel Portugal, ex-director de informação da RTP, ambos naturais desta cidade, e com a ajuda das respectivas esposas, uniram três edifícios dos séculos XVIII e XIX, para criar seis quartos e 16 apartamentos. Há também um wine bar em homenagem à mais conhecida tasca da cidade no século XIX, a já extinta Tasca das Tias Camellas, e um rooftop com uma vista que inclui a Universidade, o Jardim Botânico e o Mondego. Os quartos têm nomes de escritores que passaram por Coimbra, ou não estivéssemos a passos da Torre da Cabra.

Ver preços Ler mais

Mercedes Country House

Com seis quartos mais modernos com jardim privativo e outros três na casa principal (com terraço e vista para o mar), o novo turismo rural de Medronhal, no Algarve, tem ainda uma piscina e um restaurante exclusivo para hóspedes, onde só entram produtos biológicos, cultivados no local.

Ver preços Ler mais
Publicidade

Azul Singular

O mais recente glamping do país aposta em seis casas de madeira com jardim privado e dois yurts, tendas tradicionais da Mongólia. Com 30 a 40 metros de distância entre si, privacidade é coisa que não falta nesta antiga plantação de palmeiras na ilha do Faial, nos Açores. Isso e um agradável pequeno-almoço que chega numa cesta logo pela manhã.

Ver preços Ler mais

Casa Azimute

Dois belgas encontraram em Estremoz um terreno de 28 hectares e construíram quatro quartos e duas suítes, todos com terraço privado. Das janelas não falta a vista para a planície alentejana, e no exterior a piscina, claro. Ah! E "azimute" significa direcção ou ponto no horizonte em árabe.

Ver preços Ler mais
Publicidade

Quintãs Farm Houses

Em Outubro, as Quintãs Farm Houses abriram as portas dos dois espigueiros gigantes, ocupados agora por três apartamentos desenhados pelo arquitecto Júlio Caseiro. As duas penthouses acomodam, cada uma, quatro pessoas e há ainda um apartamento T1 com jardim privativo. Atenção: a probalidade de acordar com vista para os (muitos) animais que passeiam livremente pela quinta é elevadíssima.

 

Ver preços Ler mais
Grande Porto

Saia de casa

Ciao bella Firenze

Por toda a expectativa que arrasta consigo, Florença merece que a primeira paragem seja uma vista panorâmica. E não é uma qualquer. Pode parecer estranho, mas subir à Piazzale Michelangelo – ênfase no subir – oferece muito mais do que um bonito pôr-do-sol. Dali é possível observar todas as razões que fazem turistas dos quatro cantos do planeta eleger esta cidade como a mais bonita do mundo e ter um grande plano dos dias que temos pela frente. 

Ler mais
Por Inês Bastos

Era uma vez um gato maltês

Malat, como era chamado por significar “porto seguro”, não nos sai da cabeça. Será pelas águas cristalinas, pelos sete mil anos de história ou simplesmente por ser muitos-países-em-um? Não sabemos.
 A verdade é que, tal como nós, muitos foram os que ao longo dos tempos cobiçaram este pedaço de terra no Mediterrâneo e isso significa influências árabes – nos edifícios quadrados e em tons de bege –, italianas – na comida e nas coloridas varandas de madeira que alegram as casas –, inglesas e francesas – na língua. 

Ler mais
Por Inês Bastos
Publicidade

Comentários

0 comments