A Time Out na sua caixa de entrada

Izakaya
Francisco Romão Pereira

Os melhores restaurantes no centro de Cascais

Da cozinha japonesa aos tacos, do marisco às piadinas, 20 mesas para almoçar ou jantar no centro de Cascais.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

O centro de Cascais não é propriamente um hub gastronómico, mas quase. Uma boa fatia dos bons restaurantes da vila – que há-de encontrar noutros artigos deste mesmo site – está localizado no coração do concelho. São eles, a título de exemplo, um mexicano que promete la puta fiesta, um japonês para degustar ao balcão, uma pizzaria de fazer lamber os dedos, bons espaços para mariscadas, outros para comer o peixe mais fresco da zona. Uma lista que reúne algumas novidades, mas também aqueles clássicos infalíveis que fazem parte da identidade cascalense. Faça scroll, abra o apetite através da leitura e, finalmente, escolha onde será a sua próxima refeição.

Recomendado: Hotéis para ficar em Cascais

Os melhores restaurantes no centro de Cascais

  • Restaurantes
  • Português

Sabe aqueles restaurantes antigos onde os locais gostam de ir porque se sentem em casa? O Beira Mar é assim. Um sítio onde dá sempre para comer um peixinho fresco, com batata bem cozida, atacar uma dose de percebes, arriscar numas lulinhas fritas com arroz de berbigão – ou então dividir um chateaubriand, carne da máxima qualidade.

  • Restaurantes
  • Haute cuisine

José Avillez é um dos maiores nomes da gastronomia portuguesa. Nascido em Cascais, há alguns anos decidiu abrir uma extensão de um dos seus mais famosos restaurantes em Lisboa na vila que o viu crescer. Arranjou um espaço bem no centro, decorou-o com muita pinta e desatou a servir pratos populares como os peixinhos da horta, as lascas de bacalhau e a vitela de comer à colher.

Publicidade
  • Restaurantes

No COAL, em Cascais, há carne com fartura. Mas não só. Também há bifes de atum, cogumelos portobello, legumes variados e um peixe fresco do dia, tudo directamente da grelha para o prato. Com capacidade para 100 pessoas sentadas – 60 nas duas salas interiores e 40 nas esplanadas, uma em plena Rua Amarela e outra menor nas traseiras – o restaurante apresenta uma decoração moderna e arrojada, com elementos que remetem directamente para o carvão.

+ O Coal é um dos espaços da caixa de 2022 Time Out 2POR1 Deluxe – 10 Novos Restaurantes. Compre já!

  • Restaurantes
  • Peruano

Ideal para beber um copo ao final do dia ou marcar mesa para jantar e por lá ficar a dançar até de madrugada, o restaurante apresenta um menu inspirado na comida peruana, fundindo esta tradição gastronómica com aromas e sabores característicos da cozinha asiática. Da carta destacam-se, além dos ceviches, o lombo salteado no wok, o ossobuco cozinhado a fogo lento em vinho tinto e chalotas, e o bao de salmão. Além destas opções, pode contar ainda com famoso prego do lombo à Piper’s, em homenagem ao restaurante que ali existia anteriormente, e, para vegetarianos, o risotto de cogumelos funghi. Como boas bebidas não podem faltar para acompanhar a noite, existem cocktails especiais como a margarita clandestina, feita com Tequila Olmeca Reposado, lima, morango e vinagre balsâmico; o ginco de mayo, que leva Beefeater, lima, hortelã e ginger beer; e o fresco meet me in the bathroom, uma promissora mistura de mezcal, toranja e limão.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cascais

Qualquer que seja o plano, o mais certo é o EMMA encaixar como uma luva. O restaurante na Praia da Conceição tanto é perfeito para um petisco em dias de praia, como é uma óptima solução para almoçar ou jantar com vista para o mar sem pôr o pé na areia. Dá para levar os miúdos, mas também para uma saída a dois. E não é por acaso: foi tudo pensado para responder às necessidades da zona, sempre muito procurada, ou não fosse em cima da praia. Há salada de polvo, uns enxutos peixinhos da horta, choco frito com maionese de coentros, gambas al ajillo, um bife de novilho frito, molho demi-glace com vinho do Porto, cogumelos salteados e gratin de batata, ou magret de pato, com puré de aipo, legumes verdes glaceados e jus aromatizado a alecrim. O cheesecake americano de frutos vermelhos é o remate perfeito para os dias de calor.

  • Restaurantes
  • Petiscos
  • Cascais
  • preço 2 de 4

Esta ideia dos petiscos para ir partilhando já vem do anterior restaurante de João Matos em Cascais, o Cascas, que deu origem ao Hífen depois do encerramento. Ora bem, viraram-se para o mar e abriram um duplex com um bar à entrada com cocktails clássicos e outros de assinatura, que se querem bem ligados à cozinha. Exemplo disso é a caipirinha de aipo, que vale a pena provar. Lá em cima há mesas para grupos ou para dois, estas bem românticas à varanda. Com ambiente trendy – madeiras claras, apontamentos azuis-claros e plantas a cobrirem paredes – este bar-restaurante-insta-friendly serve coisas boas como polvo à galega com batata-doce, solomillo com brie e uma mousse com nome original: Odiamos mousse de chocolate líquida.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Vegetariano

Está a ver aqueles buffets coloridos, com várias taças e tacinhas cheias de saladas, misturas de legumes, molhos, pastas e outras especialidades? Um daqueles a que apetece voltar e voltar inúmeras vezes? É assim o buffet do House of Wonders, um restaurante vegetariano com especialidades do Médio Oriente, um autêntico êxito na vila. Nem que seja porque tem um dos rooftops mais cool de Cascais. 

  • Restaurantes
  • Japonês

O espaço é pequeno, mas cheio de pinta. Um balcão para menos de 20 pessoas, iluminado em parte por néons vermelhos. O ambiente é frenético: a música está alta, as pessoas falam alto e na cozinha à nossa frente é difícil acompanhar o ritmo acelerado (mas não menos regrado) com que tudo acontece. É assim o Izakaya, o novo restaurante de Tiago Penão, o chef do Kappo, que fica a poucos metros dali. E são assim os izakayas no Japão. De forma curta, e simplista até, podem definir-se como sítios onde se serve comida para acompanhar a bebida. Como boa tasca japonesa, não faltam opções de saké para acompanhar a refeição, a copo (8€-18€) ou à garrafa (71€-250€), mas também cocktails clássicos dos izakayas. Quanto à comida, há muito por onde escolher, doses pequenas e várias, a pedir uma partilha ao balcão. Na dúvida, entregue-se nas mãos de quem sabe e faça o menu Omokase (65€).

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cascais

No primeiro restaurante japonês que abriu em Cascais, o chef Tiago Penão brilha em equipa ao mesmo tempo que nos ensina um pouco da sua arte. O nome escolhido é o mesmo do estilo de cozinha japonesa que numa tradução literal significa “cortar e cozinhar”, mas que vai muito para além disso, focando-se na proximidade entre chef e quem à sua frente se senta – à frente porque é à volta de um balcão onde se sentam pouco mais de dez pessoas que tudo acontece. Apesar de ser possível escolher à carta, o ideal é entregar-se ao menu de degustação Danketsu (90€), que significa reencontro em português. Um dos momentos mais marcantes da refeição acontece no sushi: são oito niguiris ao estilo edomae, uma técnica anciã onde todo o peixe passa por uma cura, em sal ou em algas, com um arroz sem adição de açúcar e trabalhado com três vinagres, um branco e dois feitos com o mosto do saké.

  • Restaurantes

A especialidade deste micro-restaurante são os crus: serve carpaccios, tártaros e ceviches, além de umas belas piadinas para rematar. Os ingredientes andam entre o salmão, o atum e a carne de novilho, mas as combinações variam e vão bem com os cocktails clássicos para acompanhar: gins, caipirinhas ou mojitos. A esplanada há muito que deixou de ser um exclusivo das noites quentes de fim-de-semana – agora só arreda se estiver a chover.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Italiano

Além de ser o restaurante do centro de Cascais com mais consoantes no nome, o Lambrettazzurra é um italiano digno de visita. As suas divinais pizzas de massa grossa e de fermentação lenta, a respeitar a tradição napolitana, e os outros produtos de qualidade como a burrata da Campânia e o presunto San Daniele, têm levado os cascalenses a desenvolver um caso de amor a sério com este pequeno restaurante do centro.

  • Restaurantes
  • Frutos do mar

Há quem o procure para comer as especialidades de peixe e marisco, como os filetes de pescada com arroz de berbigão ou o bacalhau à lagareiro, mas tem também uma série de bons pratos de carne como as iscas à portuguesa, as costeletas de borrego e, para rematar em grande, o toucinho-do-céu. Um clássico imperdível mesmo no coração da vila, a chegar à Baía.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Mexicano

O néon pendurado numa das paredes lança o repto para aquilo que é o espírito deste mexicano: La puta fiesta. Prove os jalapeños recheados com queijo, os chilaquiles ou a quesadilla de puro queijo de entrada e depois siga para os tacos, com as clássicas opções de carnitas, al pastor ou tinga de pollo. Para grupos numerosos, as opções Al Centro, com kits de taco DIY, são a escolha acertada. Deixe ainda um espaço para os churros com doce de leite e para a tarte de limão.

  • Restaurantes
  • Frutos do mar

Cascais é uma terra de mares frios, onde o marisco ganha ainda mais sabor. Este restaurante presta-lhe homenagem, com espécies expostas à entrada, numa montra de gelo. Só tem de escolher o que quer, a quantidade de cada – 200 gramas de gambas, 300 de percebes, 200 de búzios e 2 camarões Tigre – que o produto chega já cozinhado ao seu lugar. Tem uma boa esplanada no Mercado da Vila e um irmão mais novo na Marina.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Global

Os belgas têm o óptimo hábito de juntar mexilhões a batatas fritas, comendo tudo à mão, sem cerimónias. O Moules & Gin importou o conceito, juntou-lhe molhos deliciosos com influências de todo o planeta e uma lista de cocktails extensa e original. Em alternativa aos bivalves, tem o naco de lombo fatiado, servido com batatas fritas, molho de mostarda, de manteiga de ervas, e molho holandês. Não se esqueça de marcar mesa: costuma estar cheio, dentro e fora.

  • Restaurantes
  • Português

Não espere grandes mordomias, que este é um sítio honesto e simples, para comer bem e barato. Algumas mesas corridas, para o caso de serem muitos, serviço despachado e simpático, num clássico do centro de Cascais, onde há sempre boas sardinhas na devida época e outros peixes frescos trabalhados na grelha. É também um bom sítio para comer um dos pratos preferidos dos alfacinhas: o bitoque.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Frutos do mar

Fica num edifício de nome Casa dos Pescadores, o que é meio caminho andado para comer bom peixe, sempre feito na brasa. De entrada, escolha as amêijoas à Bulhão Pato ou as gambas ao alho. Fique nas mesas do pátio, abrigado das noites ventosas de Cascais, e vá espreitando para a rua, a ver se encontra o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, um dos vizinhos do restaurante.

  • Restaurantes
  • Português
  • Cascais

Já não é O Pereira de antigamente, que todos tratavam por tu quando iam comer filetes com arroz de tomate. Mas mantém o nome e o cariz tradicional, onde nunca faltam sugestões do dia – da última vez que a Time Out por lá passou, havia, por exemplo, uma caldeirada de peixe e um entrecosto de porco com esmagada de batata. As arrozadas, que deram fama à casa no passado, têm direito a uma entrada específica no menu. Há arroz de cabidela, de pato, de polvo, de lavagante e de lingueirão. Nas carnes, está lá o bife do lombo à Pereira, mas há novidades como os secretos de porco preto com migas ou o tomahawk, com aproximadamente 900 g.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Petiscos

Um restaurante pequenino na Rua Amarela, ideal para ir petiscar. Tem uma mistura de especialidades portuguesas e italianas, onde cabem bruschettas de queijo da serra e linguiça ou focaccias de mortadela e manteiga trufada. A partir das dez/onze da noite torna-se bar. Um achado para jantar e sair à noite. Atenção: reserve que a casa é bastante popular.

  • Restaurantes
  • Português

Situado num dos jardins mais emblemáticos do centro de Cascais, é um daqueles restaurantes à moda antiga, bom para almoços de negócios ou para reuniões de família – são sempre as mesmas que se reúnem ali em datas especiais. Tem um famoso linguado de Cascais, uma igualmente famosa cataplana de marisco e uma perdiz à Visconde de chorar por mais.

Também poderá gostar de...

  • Restaurantes

A frescura do produto é o que mais importa na hora de comer peixe. Mas a arte de o trabalhar, de forma a não danificar a matéria-prima, também é essencial para os verdadeiros apreciadores. Finalmente, um bom serviço também ajuda a que a refeição saiba ainda melhor. Cascais, terra de homens do mar, reúne estas três condições em diversos restaurantes. Vila onde o peixe é rei e senhor, com espécies pescadas ali mesmo ao largo, exemplo dos linguados, corvinas, polvos ou sargos, sem esquecer o marisco, importante é mesmo saber onde comer bom peixe em Cascais. Damos-lhe sete boas opções – uma para cada dia da semana, quem sabe.

  • Restaurantes

O que encontra nesta completa lista com as melhores esplanadas de Cascais pode ser agrupado em diferentes departamentos. Onde comer bem a ver o mar? Onde atacar uma sanduíche com os pés quase na areia da praia? Pizzas ao ar livre? Ou procura antes uma esplanada secreta? E se quiser um restaurante com esplanada para levar as crianças? A selecção é criteriosa, numa aventura que toca várias gastronomias, como a italiana, a japonesa e até a belga (por esta não devia estar à espera!), sem esquecer, claro, aquele trio imbatível que põe muito boa gente a caminho da vila: o peixe, o mar e o ar livre.

Publicidade
  • Restaurantes

No final dos anos 80 abriram os primeiros restaurantes italianos em Cascais. Sítios com ementas clássicas, a respeitar o receituário que Itália tinha feito viajar até outros países da Europa, com pizzas de massa fina, massas simples e os irresistíveis bifes cozinhados em molhos italianos. Mais tarde chegaram as variações: as pizzas napolitanas, com as massas de bordas grossas, cozinhadas em fornos de lenha que atingem altas temperaturas, e depois as massas frescas caseiras, uma das maiores paixões de quem é fanático pela cozinha do país em forma de bota. Saiba onde comer os melhores pratos italianos em Cascais.

Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade