As melhores praias da linha de Cascais

Apanhe o comboio no Cais do Sodré e siga linha fora. É barato, ecológico e ainda finta traumas de trânsito e estacionamento. Pare nas estações certas para aproveitar as melhores praias da linha de Cascais

Fotografia: Arlindo CamachoPraia da Conceição, a primeira do Paredão

Próxima paragem: praias da Linha. A menos de uma hora de Lisboa – e à distância de um comboio – não faltam escolhas para estender a toalha na areia e dar um mergulho. Agora que já abriu a época balnear, explore as melhores praias da linha de Cascais. 

Se estiver com tempo para passear ainda mais para fora da cidade, visite então as praias da Arrábida – são 13, e todas com ar de postal – ou passe por um dos paraísos aqui por perto.

E quando a fome começar a apertar não se fique pela bola da praia: escolha entre estes 17 restaurantes em Cascais.

Recomendado: 20 coisas para fazer em Cascais

As melhores praias da linha de Cascais

Praia de Carcavelos

Praia de Carcavelos

Fica a 26 minutos de comboio de Lisboa (bom, um pouco mais se contar com o caminho até à praia, mas o caminho é agradável – e mais rápido se o fizer em cima de um skate). O extenso areal dá para tudo e todos. Não, não é dos destinos mais tranquilos, é possível que passe a tarde a ouvir música alta e conversas alheias, mas os acessos são facilitados e até dá para uma partida de volley, para andar de skate, fazer pouco de jogging, alinhar numa aula de surf, comer uma bola de Berlim e comprar bugigangas ou pareos.

Para picar qualquer coisa entre banhos de mar e de sol, rume ao Windsurf Café, com hambúrgueres e sumos naturais. Ananás, gengibre e hortelã é uma solução vencedora.

Praia da Bafureira

Praia da Bafureira

É rochosa quanto baste, os acessos implicam alguma paciência, nada friendly para miúdos, mas no fim de contas é bem capaz de agradecer a viagem (desde que a maré cheia não tenha comido todo o areal, claro). É ideal para ir a solo e se pertence ao leque de banhistas para quem praia é sinónimo de esplanada, insira aqui o estado “sinto-me agradecido”. A do Bafureira, dividida entre três andares (há sushi, hamburgueres e muito mais), é uma hipótese feliz, mais que não seja para assegurar a fotossíntese diária. Fica a cerca de 15 minutos a pé da estação de comboios de São Pedro de Estoril.

Publicidade
Praia de São Pedro

Praia de São Pedro

Se já deu por si a almoçar um pão de alho tamanho XL (muitos chamar-lhe-iam uma pizza) e uma caipirinha, não está sozinho no mundo balnear. A esplanada de São Pedro convida a este tipo de desvario perfeitamente aceitável e desejável (mesmo que seja dia de trabalho e só tenha decidido dar um pulo à praia). Detalhe relevante: não têm multibanco. Se não vem com o tempo contado e trouxe consigo a toalha, perfeito. Faça o favor de procurar um espacinho e de estendê-la.

Plano alternativo para petiscos? Passe no Boteco da Linha e prove os queijinhos brie panados, os cogumelos salteados e os peixinhos da horta.

Praia da Poça

Praia da Poça

Para o caso que nos interessa, meter a pata na poça é altamente recomendável e garantia de sucesso. Saia na estação do Estoril e faça o percurso a pé (cerca de cinco minutos) pelo Paredão. Uma escada e uma rampa indicam-lhe o caminho até ao areal habitualmente ocupado por famílias e surfistas. Para reclinar as costas, centre atenções no paredão e cace uma cadeira no restaurante Opíparo (para pizzas, saladas e massas, bifes ou pratos de peixe). 

Publicidade
Azarujinha

Azarujinha

Já que está na Poça, aproveite o balanço e siga para a Azarujinha através do passeio marítimo. O procedimento é o mesmo para quem vem de comboio (sair no Estoril e ir andando na direcção de Lisboa), até porque o acesso à praia é pedonal. A alternativa é usar as escadas associadas ao acesso pela Av. Marquês de Leal (paralela à Marginal). O cenário é aparentado de um daqueles postalinhos, com o anfiteatro natural, rodeado por falésias. Já não encontrará figuras ao nível de Bino, velho pescador e nadador salvador conhecido por untar as costas das raparigas com creme, mas outras personagens andarão por aquele famoso solário natural.

Praia das Moitas (aka Praia da Rata)

Praia das Moitas (aka Praia da Rata)

Uma tosta especial no Baiuka Grill pode passar dos 6€ mas tem tamanho suficiente para não precisar de fazer mais nenhum pit stop ao longo do dia de banhos. Se é daquelas pessoas que só se atreve a ir para a praia de estômago minimamente confortado, está bem entregue na Praia das Moitas, aka Praia da Rata.

As suas pernas agradecem a localização abençoada, junto à estação do Monte do Estoril, e os acessos facilitados. É uma praia pequena e rochosa, portanto todo o cuidado com acidentes é pouco. A sua companhia prefere águas paradas? Encaminhe-a para a piscina oceânica Alberto Romano, ali ao virar da esquina. Funciona das 08.00 às 18.00 e tem acesso livre.

Publicidade
Praia da Conceição

Praia da Conceição

A marcar o início do passeio marítimo de três quilómetros, que se estende até à Azarujinha, em São João do Estoril, está a praia da Conceição (há uma capelinha junto à praia erguida em honra de Nossa Senhora da Conceição, daí o nome). A localização, em plena vila de Cascais, é privilegiada, e para mais situa-se entre o Chalet Faial e o Hotel Albatroz, a partir de cujo terraço a vida se torna mais suave para qualquer mortal. Acompanhe com petiscos entre os 5 e os 18€. Ostras, prego no pão com alho, sanduíche club, você decide.

Para levar areia nos pés, opte pelo Bar da Praia, o primeiro espaço do paredão, com pizzas, bruschettas e polenta.

Já que vai para aqueles lados...

Comer, comprar e passear: 11 coisas para fazer no Estoril

Do monte até ao mar, o Estoril tem muito para descobrir. Escondido entre Cascais e a Parede, durante anos foi a estância balnear mais luxuosa da Linha. Comer, comprar, passear: eis 11 coisas para fazer no Estoril.  

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros

Os melhores restaurantes em Cascais

A meia hora de Lisboa, Cascais não é só um paraíso de praias: tem belíssimos restaurantes para antes ou depois do bronze 

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros
Publicidade

13 coisas para fazer em Cascais

Para quem acha que em Cascais não há nada mais do que praias bonitas e ondas para surfar, temos duas mãos cheias (e mais três dedos) de sugestões que provam exactamente o contrário e dão matéria para passar um dia completo na vila – sem tempo para pausas. 

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros

Comentários

0 comments