Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Fotogaleira: a poluição do rio Tinto diminuiu e a biodiversidade aumentou

Fotogaleira: a poluição do rio Tinto diminuiu e a biodiversidade aumentou

A biodiversidade está a aumentar no troço do rio Tinto que passa pelos terrenos da Lipor. Fomos conhecer os novos inquilinos e perceber como é que isto tudo aconteceu

Pato real
1/4
© LiporPato real
Salamandra
2/4
© LiporSalamandra
Sapo parteiro
3/4
© LiporSapo parteiro
Tritão-de-ventre-laranja
4/4
© LiporTritão-de-ventre-laranja
Por Patrícia Santos |
Publicidade

Patos reais, tritões-de-ventre-laranja, sapos parteiros e salamandras. São estes os animais que, desde o início do ano, foram observados pela Lipor (empresa de gestão, tratamento e valorização de resíduos orgânicos) no rio Tinto, um pequeno curso de água que nasce em Ermesinde e desagua no Douro. Mas nem sempre foi assim, até porque, por ser um grande foco de poluição, foi considerado um dos piores da Área Metropolitana do Porto. O que significam estas observações? Diana Nicolau, técnica superior do departamento de Comunicação, Educação e Marketing da instituição, não tem dúvidas: “A qualidade do ecossistema está a melhorar.”

Para perceber como tudo isto acontece, é preciso recuar a 2015, ano em que o projecto de Valorização do Rio Tinto foi posto em marcha, com o desenvolvimento de um conjunto de infra-estruturas que tinha em vista aproximar esta massa de água da população. O objectivo era dar às pessoas a possibilidade de contactar com a natureza e os animais, para que pudessem perceber a importância de preservá-la.

Primeiro construiu-se um passadiço e, depois, seguiu-se um Trilho Ecológico, que pode ser usado para caminhadas ou corridas durante todo o ano, entre as 08.00 e as 20.00. Mais recentemente, em 2018, inaugurou-se um pequeno Centro de Interpretação Ambiental visitável, que permite descobrir um pouco mais sobre o trabalho da instituição.

Além da criação destas infra-estruturas, têm sido realizadas várias intervenções no leito e nas margens do rio, com recurso a técnicas de engenharia natural. Em 2015, foi ainda recriada a figura do “guarda-rios”, responsável por cadastrar e confirmar zonas de contaminação, monitorizar a evolução da qualidade da água e perceber intervenções necessárias para a recuperação do rio.

É Luís Ramos que faz este trabalho. Todos os dias percorre os 500 metros do troço de água e preenche um boletim com informações sobre a cor, o cheiro e a presença ou não de resíduos sólidos e espumas. Se for necessário, lança o alerta.

Além de tudo isto, neste momento está a ser construído um interceptor de esgotos, um projecto partilhado pelo Porto e por Gondomar, com um custo a rondar os nove milhões de euros e que deve ficar pronto entre Maio e Junho, segundo Filipe Araújo, vice-presidente da Câmara do Porto. As obras incluem a colocação do equipamento entre as estações de tratamento de águas residuais (ETAR) do Meiral e do Freixo, bem como a construção de 6,5 quilómetros de passadiço que vão ligar o Parque Oriental, em Campanhã, ao novo Parque Urbano de Rio Tinto, e que terá sítios de paragem para piqueniques.

Graças ao interceptor, as águas das ETAR vão deixar de ser vertidas neste rio – que tem pouco caudal, o que faz com que não tenha a capacidade de diluição que a água, apesar de tratada, precisa –, para passarem a ser vertidas directamente sobre o Douro, explicou o vice-presidente.

Mais para descobrir

Café Vitória
© Camila Zminko
Restaurantes

As melhores esplanadas de Inverno no Porto

Para tomar um café, beber uma cerveja, almoçar com os amigos ou jantar a dois, a cidade está bem servida de espaços onde dá vontade de passar o tempo. O problema é que quando chega o frio e a chuva ninguém quer estar numa esplanada a tremer enquanto se tenta controlar os talheres. Por isso, aqui tem as melhores esplanadas de Inverno no Porto. Vai encontrar locais com bebidas quentes e bons vinhos e outros que servem refeições reconfortantes, como se quer. Pegue nesta lista e ponha-se a caminho. E bom descanso.

Jogos de tabuleiro
© Luis Ferraz
Coisas para fazer

Seis ideias para se divertir abrigado do frio e da chuva no Porto

Este mês o clima pode não ser pêra doce, mas isso não é razão para ficar trancado em casa, enrolado em mantas e de chávena de chá na mão, com a televisão como principal (para não dizer única) fonte de entretenimento. Até porque na Invicta não faltam actividades em recinto fechado para fazer. Parkour, karting, slot cars, golfe, jogos de tabuleiro e supper clubs com boa comida são algumas das ideias que lhe damos para que se possa divertir abrigado do frio e da chuva no Porto. Aqueça-se com elas.

Publicidade
Mon Père Outlet
© João Saramago
Compras, Lojas vintage

As melhores lojas vintage no Porto

É difícil passar ao lado do boom que assolou a cidade com lojas que vendem peças de outros tempos e cheias de história. Para se orientar entre tanta e tão boa oferta, escolhemos as melhores lojas vintage no Porto, uma vez que para compras em segunda mão a Invicta já é uma referência. Além disto, a moda é cíclica portanto vai, com certeza, estar sempre dentro das tendências. Calças de cintura subida dos anos 80, camisolas de malha com padrões fora da caixa, casacos de ganga ao estilo do Levi's Trucker Jacket ou acessórios marcantes, como cintos ou óculos de sol. Estas são algumas das peças que pode encontrar. Divirta-se.

Publicidade