Senhor de Matosinhos: é disto que o Porto gosta

Concertos, fogo-de-artifício, feiras de louça, farturas e diversões. A festa em homenagem ao Senhor de Matosinhos tem tudo para o fazer feliz
Festas do Senhor de Matosinho
©Francisco Teixeira Barra/CMM Junte-se a esta romaria a partir de dia 11
Por Mariana Morais Pinheiro |
Publicidade

Prepare-se. De 11 de Maio a 3 de Junho são 24 dias de festa rija. Para que não perca pitada de tudo o que acontece durante as festas em homenagem ao Senhor de Matosinhos, organizámos-lhe a agenda. Não tem de quê.

Senhor de Matosinhos

Senhor de Matosinhos
©DR

Sexta 11

Conheça a lenda que deu origem a tudo

Conta-se que o Cristo de Matosinhos foi um dos 13 Cristos esculpidos por São Nicodemos, um dos fariseus que retirou Jesus da cruz. Com medo das perseguições, Nicodemos lançou as imagens ao mar e uma delas apareceu na praia de Matosinhos, mas sem um dos braços. Anos mais tarde, uma menina que apanhava lenha na praia recolheu um pedaço de madeira que saltava da fogueira sem se deixar queimar. Era o braço desaparecido. Fizeram-se testes e comprovou-se que a escultura é do século XIII.

Cavaquinho Portugues
©DR

Sábado 12

Fique a par das novidades

Este ano, a média de encontrões vai reduzir drasticamente. Tudo graças à abertura de um novo arruamento entre as ruas de Alfredo Cunha e da Misericórdia, que vai fazer fluir o trânsito pedonal. Isto irá também contribuir para uma menor sobrecarga de barracas na Avenida Dom Afonso Henriques. O Parque 25 Abril também vai surgir renovado, com fontes e novos espaços verdes para relaxar entre tanta diversão. Às 15.30, pare perto do Palco Festas para aplaudir um concerto de cavaquinhos.

Publicidade
Feira da Louça - Senhor de Matosinhos
©Francisco Teixeira Barra/CMM

Domingo 13

Compre louça barata

Enquanto não adquirir uma jarra, um prato, uma travessa ou qualquer outro apetrecho culinário lá para casa (mesmo que não precise dele), lamentamos, mas ainda não apreciou a festa como deve ser. A feira da louça do Senhor de Matosinhos é mítica e por lá vai encontrar também muitas figuras para a sua cascata de São João a preços bem em conta. Este ano, a feira deixa a Praça Guilhermina Suggia e instala-se no Jardim Basílio Teles. Outra das novidades.

Churro
©DR

Segunda 14

Coma uma fartura ou um churro

Tanta diversão não pode ser devidamente apreciada de barriga vazia, por isso, encoste-a a uma das muitas rulotes espalhadas pelo recinto e peça uma dose de churros e/ou farturas para distribuir pela família e pelos amigos. E lembre-se, à dúzia sai mais barato.

Publicidade
FAMA - Feira de Artesanato de Matosinhos
©DR

Terça 15

Leve um cesto para casa

A FAMA, a Feira
 de Artesanato de Matosinhos, acontece duas vezes por ano, uma delas durante estas festas. Vai na 15ª edição e, como é costume, 
os artesãos saem das oficinas e expõem os seus produtos na Avenida Dom Afonso Henriques. Por lá vai encontrar de tudo um pouco, desde cestos em vime, chapéus, tapetes e bijuteria 
até animais de louça. Aproveite agora, que a feira só se repete lá para o Natal.

Matraquilhos
©DR

Quarta 16

Fique com a cabeça à roda

Festa que se preze tem sempre um senhor ao microfone a gritar em voz de falsete “mais uma moedinha, mais uma voltinha”. Se está numa de emoções fortes, vá ter com ele e compre fichas para os carrosséis e carrinhos de choque. Não deixe de visitar a zona de matraquilhos e impressione a sua companhia com a perícia, ou falta dela, no tiro ao alvo. Se não estiver para aí virado, dirija-se ao Palco Festas, onde acontecem actuações de hip-hop às 21.30.

Publicidade
aurea
© Mário Peralta

Sexta 18

Retroceda no tempo e aplauda Aurea

Anote na agenda. Até às 18.00, o Castro do Monte Castelo de Guifões, um povoado da Idade do Ferro, ou seja, do primeiro milénio antes de Cristo, estará de portas abertas para receber os mais curiosos. No Museu Quinta de Santiago
 há a inauguração da exposição Abanicos,
 às 18.30, e depois o concerto da Aurea. A cantora de soul e blues actua às 22.00 nos Jardins da Biblioteca Municipal Florbela Espanca. As entradas são todas gratuitas. Aproveite.

Publicidade
Foguetes
©DR

Sábado 19

Solte “uaus” a ver o fogo de artifício

É uma das noites mais aguardadas da romaria, que junta milhares de pessoas de olhos postos no céu. Este ano há novidades: o espectáculo será ainda mais grandioso, garante a organização, com parte da pirotecnia a ser lançada a partir de uma torre com 80 metros. No total, serão feitos 530 mil disparos pirotécnicos.

Zés Pereiras – Grupo de Bombos
©DR

Domingo 20

Dê um pézinho de dança

Os Zés Pereiras – Grupo de Bombos da Associação Desportiva e Recreativa Águias de São Mamede começam a rufar os tambores às 09.00 e vão percorrer as ruas da cidade a convidar as pessoas para a festa. Depois de almoço, às 15.30, o Festival de Folclore Luso-Espanhol torna-se o centro das atenções. O Rancho Típico da Amorosa, o Rancho Folclórico Sampaense, de Coimbra, e o Grupo Etnográfico Las Mariñas de Ferrol, de Espanha, são alguns dos conjuntos que subirão ao Palco das Festas.

Publicidade
Guitarra Portuguesa
©DR

Segunda 21

Comova-se a ouvir fado

Prepare-se para soltar um “Ah, fadista!” depois das actuações de Helena Matos, Eduardo Oliveira, Maria da Graça, José Moreira, Rute Rita 
e Paulo Cangalhas, alguns dos fadistas que irão animar esta noite a partir das 21.30 no Palco das Festas. Nelito Marques e Manuel Batista estarão na guitarra e na viola, respectivamente.

Fogo de Bonecos
©CMM

Terça 22

Aproveite o feriado municipal

Às 15.00, no Salão Nobre, acontece o lançamento do livro Avenida Saudade, de Joaquim Queirós, que evoca o passado de Matosinhos. Às 19.00 acontece o muito famoso Fogo de Bonecos. Estes bonecos de papel e arame têm propulsão pirotécnica: o rebentamento de um foguete dá-lhes energia para se movimentarem. Dura cerca de meia hora e é um espectáculo digno de se ver, até porque não há outro igual em mais lado nenhum. Portanto, sinta-se um privilegiado.

Publicidade
Igreja do Bom Jesus de Matosinhos
©Francisco Teixeira Barra/CMM

Quarta 23

Visite a igreja, que vai estar bem bonita

A Igreja do Bom Jesus de Matosinhos já existia no século XVI, mas foi remodelada dois séculos depois por Nicolau Nasoni. Hoje é um dos locais mais importantes da festa e durante a romaria este templo barroco enfeita-se de flores. A devoção à imagem do Senhor de Matosinhos, que ocupa o altar-mor, é tão grande que chegou além-mar. No Brasil há várias igrejas com o mesmo nome.

Galo de Barcelos
©DR

Quinta 24

Admire a cerâmica portuguesa

A Galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca vai estar aberta com a exposição Estórias Recontadas, mostra de cerâmica sobre o figurado português de Barcelos, que vai poder visitar até 14 de Julho.

Publicidade
Biscoitos Tradicionais
©DR

Sexta 25

Atire-se aos doces tradicionais

Se é um guloso convicto, vai adorar o que esta festa tem para si. Bancas e mais bancas cheias de doces, bolachas e biscoitos tradicionais, muitos deles feitos artesanalmente por quem os vende, para encher a barriga entre diversões e a despensa lá de casa até ao próximo ano. Às 21.30 há tunas a cantar serenatas.

Orquestra Jazz de Matosinhos
©Mário Santos

Sábado 26

Assista a um espectáculo de jazz

Grande Pesca Sonora
 é o serviço educativo da Orquestra Jazz de Matosinhos que trabalha durante todo o ano lectivo com escolas do concelho. No Teatro Municipal Constantino Nery vai poder ouvir o que andaram a preparar nos últimos meses. E às 21.00 acontece o XV FITAM, o festival de tunas organizado pela Tuna Académica do Instituto Português de Administração e Marketing.

Publicidade
Rifas
©DR

Domingo 27

Gaste uns trocos em souvenirs

Tente não cair na tentação de estourar o ordenado nesta romaria. Respire fundo, leve o dinheiro contado (se for uma pessoa ajuizada) e vá às rifas tentar a sorte. Pelo caminho dê um balão colorido cheio de hélio aos miúdos e faça um pouco de revivalismo. Como? Compre um grilo dentro de uma gaiola, esse clássico das cozinhas portuguesas de décadas passadas. Mas nada tema: ele acabará por fugir e regressar à mãe natureza.

Mozart

Segunda 28

Deixe-se embalar pela música erudita

A Orquestra e Coro da Igreja da Lapa vai interpretar a “Grande Missa em Dó menor” de Wolfgang Amadeus Mozart, e “Miserere” de Gregorio Allegri, o sacerdote italiano que viveu no século XVII e que era também cantor e compositor. O espectáculo é às 21.30, na Igreja do Bom Jesus de Matosinhos.

Publicidade
Último Porto
Fotografia: Ana Luzia

Terça 29

Encha-se de comida típica de arraial

Pode não parecer, mas a vida de arraial é desgastante – basta fazer as contas aos quilómetros que faz avenida acima, avenida abaixo. E regatear os preços com os feirantes? Uma canseira. Recomponha as energias nas bancas que vendem pães com chouriço, sardinhas assadas em cima de grossas fatias de broa e malgas de caldo verde. E não diga que vai daqui mal aviado. Mais? O Moontosinhos acontece às 21.30 com uma visita ao Castro do Monte Castelo de Guifões.

Ginjinha
©DR

Quarta 30

Beba uma ginjinha

Não há nada mais português do que mandar abaixo e de um trago só uma ginjinha, em copo de chocolate ou não, com ou sem ginja. Sempre serve para aquecer o corpo, refrescar a garganta e animar o espírito folião, já que às 21.30 há fado e poesia no Palco das Festas.

Publicidade
Nel Monteiro - Barriga Cheia
©DR

Quinta 31

Espreite a feira de discos

CDs de Toy, Tony Carreira, Roberto Leal, Nel Monteiro e José Malhoa saem que nem pãezinhos quentes destas rulotes e bancas em dia de festa. Se a música ligeira portuguesa não for do seu agrado, por lá vai encontrar, a preços muito em conta, álbuns de outros artistas mais incontornáveis, como Michael Jackson, Prince ou George Michael. Tudo para pôr a bombar no sistema de som do seu automóvel.

Nelo Silva e Cristiana
©DR

Sexta 1

Memorize esta música

“Agora diz-me diante dela/ Não me mintas mais/ (Cala-te, por favor)/ Diz-me diante dela/ Se tudo isso é verdade / (Aquilo já terminou)”. Repita estes versos, interpretados por Nelo Silva e Cristiana até à exaustão para não passar vergonha logo à noite. Esta dupla de cantores românticos (mas com alarmantes problemas conjugais, a julgar pelos versos) vai estar no Palco das Festas às 21.30 a animar quem os ouve.

Publicidade
Imprimere - Arte e Processo nos 250 Anos da Imprensa Nacioanl
©ESAD

Sábado 2

Corra as exposições

A Casa do Design vai receber duas exposições sobre a impressão e a propaganda nos últimos séculos: Imprimere – Arte e Processo nos 250 Anos da Imprensa Nacional reúne máquinas e artefactos que contam a história da produção gráfica na Imprensa Nacional, desde a Impressão Régia à actualidade; e Portugal Imaginário – Turismo, Propaganda e Poder (1910-1970). Às 22.00 o Marcus e as suas bailarinas sobem ao Palco das Festas.

Joel Cleto
©Marco Duarte

Domingo 3

Repita tudo mais uma vez

As Conversas Sob as Estrelas, na Mota de Madoufe, uma fortificação medieval contra os vikings, em Perafita, acontecem às 21.30, com Joel Cleto (na foto) e Mário Barroca. Se lhe apetecer dançar até tarde, no Palco das Festas há folclore. E agora que já apreçou tudo e viu onde lhe faziam um desconto maior, vá comprar o que andou a namorar lá para casa nestes dias de romaria. Aproveite para comer mais umas farturas e dar mais umas voltas nas diversões. Depois, só para o ano.

Mais coisas para fazer em Matosinhos

Vagas Bar
© João Saramago
Coisas para fazer

Tudo o que pode fazer em Matosinhos

Matosinhos é uma cidade pulsante. Pode começar o dia a apanhar umas ondas (mesmo que não tenha prancha de surf), passear em mercados ou em parques ao ar livre, ceder ao pecado da gula em feiras de chocolate, comprar pão biológico ou gelados italianos, comer marisco fresquíssimo num restaurante com muitos anos de experiência, beber cervejas de pé na areia ou comprar vinhos menos conhecidos. Aqui tem uma lista com tudo o que pode fazer em Matosinhos. Quem é amigo, quem é?

Coisas para fazer

Festival LeV: para ler em movimento

Este ano chega-se à 12ª edição do festival LeV – Literatura em Viagem. O evento tem já um modelo bem definido, continuando a contar com escritores de todo o mundo para discutir temas propostos pela organização ou para uma entrevista de vida. Mas também há fotografia, actividades com crianças e outras opções a ter em conta. Tudo isto entre quinta-feira 10 e domingo 13, com o epicentro na Biblioteca Municipal Florbela Espanca e ramificações noutros espaços de Matosinhos. 

Publicidade
mercado matosinhos
© DR
Compras, Mercados e feiras

Mercado Municipal de Matosinhos

icon-location-pin Matosinhos

Além dos frescos, o Mercado de Matosinhos tem também óptimas opções para comer e beber - sushi, bolos, comida italiana, tábuas e vinhos, entre outros - e uma incubadora de design.

Publicidade