Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right À Distância de um Clique: um projecto para ouvir as pessoas
© Egídio Santos / Universidade do Porto
© Egídio Santos / Universidade do Porto

À Distância de um Clique: um projecto para ouvir as pessoas

Publicidade

Já conhece a iniciativa À Distância de um Clique? Foi criada por alunos da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto e tem como objectivo fazer companhia às pessoas mais vulneráveis e isoladas devido ao novo coronavírus.

O projecto surgiu em meados de Março e conta neste momento com cerca de 100 voluntários e 15 pessoas “de várias idades e contextos”, conta Joana Blanquet, uma das voluntárias. O apoio é individualizado e não tem um cariz psicológico, são “apenas um ouvido atento”, sublinha a aluna do terceiro ano de Psicologia. “Pensamos que a melhor maneira de ajudar nesta situação seria sermos um ombro amigo para quem se sente mais sozinho”, refere.

Além de alunos de vários anos, contam também com a ajuda de docentes e profissionais de saúde que funcionam como “um apoio no backstage”. Garantem que as questões éticas estão a ser cumpridas e que fazem chegar “informações fidedignas”. Como a iniciativa ainda é recente, Joana admite que existem algumas reticências por parte das pessoas e compreende que seja precisa “alguma coragem para procurar ajuda”.

Ana Miranda é mais uma das jovens que integra a iniciativa e partilha da mesma opinião. “Compreendo agora melhor a importância de estar à escuta e o quão difícil é abrir-se”, confessa. Inicialmente, a maior dificuldade era mesmo não dar conselhos, afinal, todos temos uma opinião, mas rapidamente percebeu que “ouvir é suficiente” e que também recebe tanto quanto dá.

Para participar, basta preencher um formulário. De seguida, um voluntário entra em contacto e pode escolher a via que prefere para comunicar: vídeo chamada, mensagem ou apenas chamada. Joana Blanquet acrescenta que estão a tentar “criar uma linha telefónica” para incluir as pessoas de mais idade e também aquelas que não têm acesso à Internet. 

Este é um projecto que implica sairmos de nós para ajudar os outros. Segundo Joana Blanquet, a equipa está “apenas a exercer humanidade”, mas talvez a cura esteja mesmo na solidariedade a que temos assistido.

Caso queira apenas acompanhar as dicas, lives e outras actividades que estão a preparar, basta aderir ao grupo

Leia aqui a edição desta semana da Time In Portugal

+ Festas do Senhor de Matosinhos foram canceladas

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade