Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Casa Comum da Universidade do Porto ganha plataforma digital
Casa Comum da Universidade do Porto
© DR

Casa Comum da Universidade do Porto ganha plataforma digital

Publicidade

“Há revoluções que se fazem em silêncio. A nossa vai fazer-se com música, movimento, imagens luminosas e ideias emancipadas.” Foi com estas palavras que, a 3 de Abril de 2019, Fátima Vieira, vice-reitora da Universidade do Porto, apresentou à cidade o projecto que visava a democratização da cultura através da academia. Era a Casa Comum, no edifício da Reitoria, que, um ano e 282 eventos depois, celebrou o primeiro aniversário com o lançamento de uma nova plataforma digital de conhecimento. Enquanto as medidas para conter a propagação da Covid-19 impedirem reuniões físicas, é por lá que vai poder desfrutar das iniciativas culturais do espaço.

A criação de podcasts educativos, que convidam os ouvintes “a reflectir a contemporaneidade”, são, para já, a grande aposta do projecto. Escritos Escolhidos, que procura dar voz aos arquitectos, Saber Ler, Ver e Ouvir, com conversas com especialistas que ampliam o conhecimento, e Conversas de Género, onde se desconstroem “ideias cristalizadas”, do feminismo à masculinidade tóxica, estão entre a oferta disponível. Pelo que se pode ler no portal de notícias da instituição portuense, para as próximas semanas está “prevista a publicação de dezenas de programas e a contribuição de muitos pensadores portugueses e internacionais de diversas áreas do conhecimento”.

O Teatro Universitário do Porto, o Museu de História Natural e da Ciência (incluindo a Galeria da Biodiversidade e o Jardim Botânico do Porto), a Fundação Marques da Silva e o Planetário do Porto estão entre as entidades envolvidas nesta nova Casa Comum. E como este é um projecto “de todos, também os utilizadores da plataforma são convidados a colaborar. Há, de resto, um podcast pensado para esse efeito. Chama-se Agentes de Mudança / Agents of Change e convida ao envio de gravações, em português ou em inglês, de pequenas biografias de homens e mulheres inspiradores”, explicam.

Mesmo depois da superação deste período de isolamento social, o plano é que a plataforma online se mantenha no ar.

+ Leia aqui a edição desta semana da Time In Portugal

+ Universidade do Porto ajuda a fazer exercício físico à distância

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade