A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Clã, album vespera
©João Octávio PeixotoOs Clã actuam a 4 de Dezembro na Pasteleira

Cultura em Expansão com programa completo e novas regras de acesso

Por Maria Monteiro
Publicidade

Depois de, há algumas semanas, ter apontado o seu regresso para Setembro, o Cultura em Expansão já tem o alinhamento completo. Entre Setembro e Dezembro, serão apresentados 38 espectáculos, entre peças de teatro e dança, sessões de cinema e concertos. Apesar de continuar gratuito, o programa tem novas regras de acesso aos espaços de apresentação. 

Além da higienização das mãos à entrada e do uso obrigatório de máscara durante todo o evento, é necessário levantar o bilhete a partir de duas horas antes do início da sessão. Recomenda-se a chegada ao local com 30 minutos de antecedência, já que todos os espectáculos terão lugares sentados e será necessário seguir as indicações dos assistentes de sala para ir até ao respectivo lugar.

O Cultura em Expansão vai ocupar quatro pólos principais: a Junta de Freguesia de Campanhã, o Grupo Musical de Miragaia, a Associação de Moradores do Bairro Social da Pasteleira Previdência/Torres e a Associação de Moradores da Bouça. A estes juntam-se locais como a Casa D’Artes do Bonfim ou a Quinta do Covelo, que acolhem a programação satélite.

O programa, cujas residências artísticas e apresentações foram revistas e recalendarizadas devido à pandemia, arranca no primeiro fim-de-semana de Setembro exclusivamente com espectáculos ao ar livre. É o caso de Os Sete Pecados Mortais, colaboração de Ricardo Alves e da Palmilha Dentada com o Teatro Independente de Paranhos. A peça, que junta actores profissionais e amadores e habitantes locais, é apresentada no dia 4, na Quinta do Covelo, e no dia 5, no Ringue da Associação de Moradores do Bairro Social da Pasteleira.

No dia 6 de Setembro é a vez de Campanhã receber a cultura, mais concretamente o Monte de Forte/Azevedo, onde terá lugar a primeira de três sessões de Campanhã é a minha casa, iniciativa que desafia os moradores a partilhar “as suas colecções de filmes e registos de família” para a criação de três curtas-metragens pelos realizadores Sónia Amen, Cláudia Varejão e Edgar Pêra. As outras sessões acontecem a 27 de Setembro e 18 de Outubro.

Outros destaques para o trimestre incluem espectáculos como Colecção de Amantes, de Raquel André, Cozinha(s), do Teatro Experimental do Porto, Memoratório, de Tânia Dinis e Confederação, Talvez ela pudesse dançar primeiro e pensar depois - Olympia de Vera Mantero e concertos de Lena d’Água, Clã e JP Simões e Amigos, entre outros. Pode consultar o programa completo aqui.

+ Leia aqui a nova edição digital e gratuita da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade