A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Escama
©Michael JersonEscama

Entre na onda do novo Escama, o restaurante da Baixa onde o peixe e o marisco são reis

Uma cozinha bem feita, atenção aos produtos que vêm do mar e pratos carregados de sabor é o que vai encontrar no novo restaurante da Rua Mouzinho da Silveira.

Escrito por
Mariana Morais Pinheiro
Publicidade

Imagine um mergulho no mar, a saber a sal e a algas, tão impactante quanto refrescante. Assim são grande parte dos pratos do Escama – Sea Cuisine, o novo restaurante na Rua de Mouzinho da Silveira, no Porto, aberto em meados de Fevereiro, com uma cozinha bem feita, muita atenção aos produtos que vêm do oceano e carregada de sabor. 

A decoração do espaço dita um tom industrial-amazónico. Estruturas em metal guardam uma garrafeira com cerca de 70 referências de vinho — predominam aqui vinhos de pequenos produtores, sobretudo orgânicos e frescos, com pouca intervenção humana e alguns de séries limitadas, dos quais só se produzem cerca de 2000 ou 2500 garrafas. E as muitas plantas de folhas largas e viçosas, troncos de árvores incrustados nas paredes de pedra e candeeiros de palhinha, que aquecem o ambiente com as suas cores quentes, dão-lhe um lado mais exótico e tropical. Mas são as garrafas de vidro transparente sobre as mesas que nos levam de volta à beira-mar.

O couvert
©DRO couvert

Dentro delas há areia e seixos da praia e um menu enrolado no gargalo, como se de uma mensagem à deriva ou de um mapa do tesouro se tratasse. Pão com azeite e manteiga de ostra (6€/duas pessoas); um saboroso hummus de tremoço, abrilhantado por espuma de cerveja, malagueta e cebolinho (3€); escabeche de mexilhão e anchovas (4€); salmão fumado caseiro com funcho e creme de rábano, muito leve e aromático (4,5€); e ostras ao natural com flor de sal e lima (6,5€) compõem este portentoso couvert.

Depois, robalo com ananás, limão e um toque de Malibu (7€), sopas de peixe com cevadinha, enguia fumada e algas (8€) e tarteletes de cavala fumada com tártaro de beterraba e creme de rábano (11,50€) são servidos como entradas ainda antes dos pratos principais.

Vasco Amaro, um dos sócios deste Escama e de mais dois restaurantes na Ribeira, o Terra Nova e o Taberna Rio, conta que desta vez a aposta foi outra. "Queríamos começar a trabalhar mais com o público português e encontrar um espaço maior, num edifício com alguma história, que nos permitisse fazer mais coisas. Este tem capacidade para 60 lugares e um piso superior que poderá ser usado para jantares privados ou eventos vínicos, por exemplo”, diz, acrescentando que esperam em breve ter também uma esplanada.  

Arroz do mar com cantarilho ao vapor
©DRArroz do mar com cantarilho ao vapor

Aqui para o Escama trouxe Rafael Gomes, chef do grupo e com uma série de passagens por cozinhas de restaurantes com estrelas Michelin no currículo. “Ele começou por desmontar carcaças de animais e acabou a trabalhar com o Gordon Ramsay”, ri. 

Entretanto, chega à mesa o arroz do mar com cantarilho ao vapor, sapateira, lingueirão, ouriço-do-mar, berbigão, vários tipos de alga e espuma de sapateira a fazer lembrar a espuma das ondas (29€) — um prato que equivale a um belo mergulho de cabeça. Muito bom é também o pregado na brasa com batata trufada, espargos brancos, tupinambur, couve em pickle braseada e mostarda em grão (26,50€) e o cordeiro assado na brasa com crumble de raz-el-hanout, uma mistura de especiarias marroquinas, com batata doce e puré de alho negro (25,50€).

Cordeiro na brasa com batata doce e alho negro
©DRCordeiro na brasa com batata doce e alho negro

Depois, a muito aconselhável tarte de citrinos com gelado de tangerina (7€) e um bojudo e crocante profiterole de chocolate com mousse de chocolate e cognac (9€) para rematar a refeição. Se quiser entregar o leme ao chef, escolha os menus de degustação com quatro (45€) ou seis momentos (60€), que incluem muitos destes pratos e que podem ser harmonizados com quatro bons vinhos (25€). Apanhe este barco, entre na onda e deixe-se levar.

Rua de Mouzinho da Silveira, 203 (Baixa). 913 595 551. Qui-Seg 12.00-15.00; 19.30-22.15.

 + Novos restaurantes para conhecer no Porto

Últimas notícias

    Publicidade