Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Este fim-de-semana observe microorganismos com a ajuda do Museu de História Natural e da Ciência

Este fim-de-semana observe microorganismos com a ajuda do Museu de História Natural e da Ciência

Publicidade

Ainda não tem planos para este fim-de-semana? Então saiba que para assinalar o Dia da Ecologia em Portugal e o Dia Internacional do Microrganismo — que se comemoram hoje e na próxima segunda-feira, 17, respectivamente – o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto traçou um programa de actividades para aproveitar em família este sábado e domingo.

Descobrir a microecologia do Jardim Botânico do Porto é a primeira actividade da iniciativa e está marcada para as 10.00 de dia 15. Às 18.00 terá lugar uma palestra liderada por David Pereira, docente e investigador da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, “sobre a química (ecológica) enquanto ferramenta de comunicação nos ecossistemas”.

No domingo, às 16.00, há um novo roteiro no qual vai poder participar. Debruça-se sobre os “jardins microscópicos: simbioses e coexistências em micro-habitats”. Daniel Folha, investigador no Centro de Astrofísica da Universidade do Porto, dirige a palestra sobre a água no universo. Acontece às 18.00.

A biodiversidade à micro-escala será o tema das visitas orientadas – às 11.00, 13.00, 15.00 e 17.00 — que irão decorrer ao longo dos dois dias. Redescobrir o micromundo que a Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva alberga é o objectivo. Como? Colocando a Galeria sob a lente de um microscópio para explorá-la do ponto de vista dos seres vivos mais pequenos que conhecemos: os microorganismos.

A participação nas actividades é gratuita, mas obriga a inscrição, e está limitada às vagas existentes. 

+ Investigadores do Porto desenvolvem projecto pioneiro no tratamento da insuficiência cardíaca

+ Cortiça e plantas podem ser a solução para remover poluentes do Porto de Leixões

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade