A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Grande Hotel do Porto
© Grande Hotel do PortoO hotel começou a ser construído em 1880

Grande Hotel do Porto proposto para monumento de interesse municipal

O hotel, localizado na Rua de Santa Catarina, está de portas abertas desde 1880.

Escrito por
Margarida Ribeiro
Publicidade

A Câmara do Porto anunciou que deu início ao processo para que o Grande Hotel do Porto, na Rua de Santa Catarina, seja classificado como Monumento de Interesse Municipal (MIP). Esta nomeação deve-se ao facto de a autarquia considerar que o edifício tem um "valor cultural de significado relevante", lê-se no portal municipal.

No edital publicado na terça-feira em Diário da República, a Câmara também revela considerar que esta classificação "representará uma mais-valia, enquanto testemunho construído e simbólico, integrante da história social da cidade". 

Caso não esteja familiarizado com a história deste hotel, fique a saber que, em 1880, foi encomendado ao arquitecto José Geraldo da Silva Sardinha, por Daniel Martins de Moura Guimarães, um portuense recém-chegado do Brasil. Ao longo dos anos, passaram pelos seus quartos membros da nobreza e da aristocracia, políticos, exilados e até artistas de renome.

O Grande Hotel do Porto continua a ser, até hoje, uma referência, não só pela sua bonita fachada vitoriana (e luxuoso interior), mas também por se situar numa das artérias mais movimentadas da cidade.

Ainda segundo a autarquia, o hotel fica agora sujeito a uma série de regras: "a partir da data desta notificação, a sua alienação ou transmissão, por herança ou legado, dependem de prévia comunicação. As disposições legais determinam ainda que, nesta fase, os comproprietários e a Câmara do Porto gozam, pela ordem indicada, do direito de preferência em caso de venda ou dação em pagamento".

É também mencionado que não poderão ser aprovadas obras de construção e de trabalhos que alterem a topografia do edifício. 

+ Os melhores hotéis no Porto

Últimas notícias

    Publicidade