Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Há 14 filmes e duas sessões de curtas para ver na semana de cinema europeu do Cinema Trindade
Notícias / Eventos e festivais

Há 14 filmes e duas sessões de curtas para ver na semana de cinema europeu do Cinema Trindade

´A Valsa de Waldheim´, de Ruth Beckermann
© DR ´A Valsa de Waldheim´, de Ruth Beckermann

Catorze longas-metragens, provenientes de 14 países, e duas sessões de curtas compõem a mostra Europa 61, que vai acontecer no Cinema Trindade entre 16 e 22 de Maio. Esta semana dedicada ao cinema europeu, que ocorre entre duas datas importantes para a União Europeia — a 9 de Maio celebra-se o Dia da Europa e a 26 têm lugar as eleições para o Parlamento Europeu —, “pretende comemorar a Europa enquanto identidade cultural, social e política” e aborda, na programação, temas como a Revolução Francesa, a II Guerra Mundial, a Primavera de Praga e a actual crise de refugiados, segundo o site da Representação da Comissão Europeia em Portugal, que idealizou a iniciativa juntamente com a EUNIC-Portugal.

Alemanha, Áustria, Croácia, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa e Roménia são os países de origem dos 14 filmes que vão ser exibidos na sequência desta iniciativa, cujo nome alude a Europa 51, de Roberto Rossellini, uma das películas de referência do cinema europeu, e ao 61.º aniversário da União Europeia.

A mostra arranca às 19.00 de 16 de Maio com a exibição de Piazza Vittorio, documentário de Abel Ferrara que apresenta um retrato contemporâneo da maior praça de Roma. Bostofrio, où le ciel rejoint la terre, de Paulo Carneiro, é o representante português na programação. Neste documentário, que tem Trás-os-Montes como pano de fundo, o realizador procura respostas a alguns temas proibidos sobre o seu passado familiar. Do cartaz, vale ainda a pena destacar a estreia no Porto de A Valsa de Waldheim, de Ruth Beckermann. Vai poder ver a película, sobre a controvérsia que a participação e o papel desempenhado no regime Nazi por Kurt Waldheim, antigo Secretário-Geral da ONU, originou, dia 22 às 21.30.

No que diz respeito às duas sessões de curtas, conte com uma composta pelos filmes resultantes da iniciativa EU and ME, e com outra constituída por uma selecção dos nomeados para os prémios BAFTA (Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas) em 2018.

Abaixo pode consultar a lista completa de longas-metragens que vão ser exibidas, no entanto, faltam revelar ainda alguns horários por parte da organização. Fique atento.

Filmes

Adam & Evelyn, ficção de Andreas Goldstein (Alemanha)

A Valsa de Waldheim, documentário de Ruth Beckermann (Áustria)

Mali, ficção de Antonio Nuić (Croácia)

Viagem ao Quarto de uma Mãe, ficção de Celia Rico Clavellino (Espanha)

A Leste da Suécia, ficção de Simo Halinen (Finlândia)

Um Violento Desejo de Felicidade, ficção de Clément Schneider (França)

O Emprego Dela, ficção de Nikos Labôt (Grécia)

A Imagem Que Perdeste, documentário de Donal Foreman (Irlanda)

Piazza Vittorio, documentário de Abel Ferrara (Itália)

Noite Feliz, ficção de Piotr Domalewski (Polónia)

Bostofrio, où le ciel rejoint la terre, documentário de Paulo Carneiro (Portugal)

Não Sou uma Feiticeira, ficção de Rungano Nyoni (Reino Unido)

Jan Palach, ficção de Robert Sedláček (República Checa)

Meda Ou a Parte Não Tão Feliz das Coisas, ficção de Emanuel Pârvu (Roménia)

 

+ A partir de sábado, o cinema para crianças vai circular pelo Porto

Cultura em Expansão: há 64 espectáculos gratuitos para ver até Dezembro

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Publicidade
Publicidade